7 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. Ganhos para o Costa.
    Se o eleitorado (incluindo algum do centro-direita) considerar que Costa é capaz de ter razão então dar-lhe-á o seu voto, visando uma maioria absoluta, não vá o país ficar ingovernável. Se o eleitorado (até algum do centro-direita, que não acredita numa aliança PS/PSD) entender que Costa não tem razão então é melhor votar no BE (engolindo sapos) para evitar que o PS fique com a maioria absoluta. Neste último caso ficam reunidas as condições para uma segunda gerigonça, com o PCP ou sem ele. Aqui o PCP tenderá a apoiar a nova gerigonça pois sempre tem a hipótese de influenciar a governação, o que não acontecerá se ficar de fora.
    Este picanço tem o mérito de trazer o foco eleitoral para o PS/ BE, fazendo com que os partidos à direita desapareçam do cenário.
    Em qualquer dos cenários que atrás referi quem mais ganha é o Costa, que formará novo governo, com ou sem maioria absoluta.
    No entanto entendo que este picanço é um pouco prematuro para o efeito pretendido. Deveria ter acontecido daqui a uma ou duas semanas até para fazer face, desviando a atenção, a eventuais notícias pouco favoráveis no plano económico/ financeiro/ ou das contas do Estado que o Costa pareceu antecipar na entrevista que deu ao jornal Expresso este fim de semana.

  2. Qual picanço qual carapuça, António Costa, bem disposto, e tem razões para isso, apenas lhes deu uma ligeira cotovelada de aviso e fez alusão ao que se passava e passa em Espanha, e eles, a impetuosa Catarina e o histórico Rosas, estão a responder-lhe com incómodo, sem jeito e sem humor. Entretanto, António Costa, bem disposto, então agora com as notícias do Financial Times e as da U.E. sobre Elisa Ferreira, continua a dizer que a sua intenção é trabalhar com todos.

  3. “…e eles, a impetuosa Catarina e o histórico Rosas, estão a responder-lhe com incómodo, sem jeito e sem humor”

    Então e o Louçã, Manojas, esqueceste-te do homem do pec iv ?

  4. É verdade, o ressabiado Louçã já começa a ser esquecido, mesmo tendo sido um dos principais responsáveis do caso do pec iv. Mas ele está envolvido na fauna do Expresso e já raramente o leio.

  5. Como é que é mesmo aquela história do ovo no cu da galinha? Pois… vai-se a ver e ainda haverá quem tenha de encher a barriga com uma omeleta de ovos de codorniz… e salada de triunfalismo. Bon appétit!

  6. O Costa com aquele sorrisinho de mona-lisa deixa o país perplexo, de boca aberta e queixo caído.

    Desde o Financial Times, até ao próprio Marcelo Rebelo de Sousa e mesmo muitos, imensos socialistas do PS, não só o Seguro, estão encostados a um canto, boquiabertos, a ver onde param as modas.

    Parece tudo fácil de mais, parece impossível as vacas voarem! mas com ele voarão mesmo?

    Cuidado, parece tudo uma prestidigitação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.