10 thoughts on “UMA NA BRAVO OUTRA NA DITADURA”

  1. lol. Por acaso até me dei ao trabalho de ver o documentário (não consegui ver todo, mas o suficiente para formar uma opinião) e deu-me para escrever uma, hum, “suave crítica” – até por que sei que o Valupi aprecia as minhas eruditas opiniões sobre cinema português ;)
    Mas depois arrependi-me, achei que estava a ser muito duro com um jovem cineasta que é, por alguma razão que me escapa, considerado talentoso por pessoas mais cultas que eu, e apaguei. Ficou o A. Devia ter ficado o M…


  2. Na tua opinião, porque é que, apesar deste cenário irlandês, as baterias (rating) ficam sobretudo apontadas a… Portugal?

  3. não me digas que tem a dita dura e a quer mostrar? Não preciso…há revistas e não só.
    Estes gajos aí de cima com a merda da comida, já metem nojo. Experimentem fazer uma sopa de tomates ou uma de sour cream. Quem sabe, resolvem a merda da culinária para sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.