Uma maioria, um Governo, um Presidente… e um Nobre

.

A confirmar-se a tendência de crescimento do PSD na recta final, que esta sondagem assinala sem margem para dúvidas, o partido do pote poderá mesmo chegar à maioria absoluta. Quer dizer que será o improvável Coelho a realizar o sonho de Sá Carneiro, e com brinde: Nobre a ser eleito para segunda figura do Estado*. O efeito acumulado da reunião destes cromos na propalada broad coalition for change, coligando o refugo do Cavaquismo com as cantorias de Passos e os cozinhados de Relvas, promete não deixar pedra sobre pedra na administração da coisa pública.

22 thoughts on “Uma maioria, um Governo, um Presidente… e um Nobre”

  1. O problema é a dívida de 37 anos de bestas quadradas que nos governaram e nós elegemos o resto são “pintelhices”

    Com Coelho tem que ser “estaca ZERO”.

    Voltar ao “largo do Carmo” e recomeçar sem preques, sem peneiras que somos só europeus, que não é com ouro mas comcabeça que nos governamos, e os partidos e sindicatos e bancos que se mentalizem que temos que pagar com lingua de palmo.

  2. Embora estas coisa não sejam de fé, eu não acredito nem nesta, nem na anterior que dava o PS a subir. Os “orgãos” de informação que a patrocinam não me merecem o mínimo de credibilidade. São lixo do mais manhoso que empesta a dita comunicação social ! Estes estratagemas são muito conhecidos e há quem ainda “embarque nisto”… A única empresa de sondagens em que confio será a Eurosondagem por provas já dadas. Espero que o Balsemão a contrate e a possamos ver. O resto e a grande sondagem será a 5 de junho. Em democracia as derrotas e vitórias duram só o tempo da próxima consulta eleitoral.

  3. mas alguém acredita que em 3 dias 3% tenha mudado de opinião. só o gel do relvas consegue este efeito na cabeça dos portugueses.

  4. oh zé maria! a eurosondagem???? há 15 duas semanas o trabalho foi para o lixo porque a coisa não era famosa para o psd.

  5. Alguém acredita que ,tendo o BE e o PCP descido e o PS idem aspas, esses votos tenham transitado maioritariamente para o PSD?

  6. Sondagem capciosa que teve o efeito pretendido! Animar as hoestes laranja e instalar o receio e desanimo entre o PS. Por vezes, há efeitos contrários!

  7. Pode ser que a esquerda comece a perceber o que nos espera a todos. Nem as sondagens escapam à manipulação desta gente .

  8. Na ficha técnica que acompanha a sondagem, pode ler-se…” com base em questionário estruturado, elaborado pela TVI e adaptado pela INTERCAMPUS”. Estranho, afinal a empresa de sondagens é a tvi ou a Intercampos? Eu só quero entender….

  9. Para além destas da TVI/Intercampus, tem havido poucas, não acham?
    Se o PSD estiver mesmo a subir, que poderemos fazer para travar esse cenário de arrepiar preenchido pelo salazarento Cavaco, Passos-tenor-em-pose de estadista e palhaço Relvas, o “acelerador de mentiras” (ah, ah! esta é da autoria do CC)?

  10. Em vez de cair na armadilha das “nomeações do governo em gestão”, deveriamos era chamar bem a atenção do que é que o PSD se prepara para destruir, com prioridade: o sistema contributivo para a segurança social! Isso é que devemos publicitar todos os dias. E não deverá ser só o PS, mas também o BE – que está tão preocupado com a renegociação da dívida – e o PC, pois ambos têm a responsabilidade deste caos em que forçaram o país a ir para eleições…para no fim ficarmos com o mesmo espectro parlamentar e uma situação financeira pior!!!

    Claro que a vitória da direita em Espanha veio animar as hostes do PSD…

  11. Se muitos pensarem como eu a mensagem a retirar é: No dia 5 antes de ir para a praia tenho que ir votar. Venham muitas destas. (E a outra parte pensará: está no papo não tenho de ir votar). A existir alguma manipulação nas sondagens ainda vamos ver o PS com uma subida vertiginosa no dia 4.

  12. Eurosondagem, N=525, 23 Maio, Tel.
    PSD: 33,1% (-2,7)
    PS: 32,6% (+0,1)
    CDS-PP: 13,7% (+2,6)
    CDU: 7,6% (-0,1)
    BE: 6,6% (=)

    CESOP/Católica, 21-22 Maio, N=1136, Presencial
    PSD: 36% (+2)
    PS: 36% (=)
    CDS-PP: 10% (=)
    CDU: 9% (=)
    BE: 6% (+1)

  13. Concorda que a grande proposta eleitoral do Passos&Companhia é destruir o país, mas o Nobre como Presidente da AR não. Isso é só mais uma mentira do Passinhos.

    O Nobre nem sequer as vacinas tem em dia. Ainda há pouco tempo levou uma picada da comunicação social, parece que foi o insecto dos rendimentos, e esteve três semanas de quarentena.

  14. E o Passos será mesmo cantor de ópera? É que a campanha ainda agora começou e ele já anda rouco que nem se pode.

    Estás a exagerar nela, Passos!

    Ou então é a dose exagerada de economia que o Cavaco te recomendou este fim-de-semana.

    Têm que lhe explicar que para se mandar uma empresa para a falência tem que se ter poder para isso.

    O Relvas, em privado, tem que lhe passar a mão pela cabeça e recomendar-lhe calma.

  15. Já alguma vez assistiram a uma corrida de caracóis?
    Cinco concorrentes em pista com os respectivos managers molhando a pista para escorregarem melhor.
    Só que um dos concorrentes faz batota. Tem a comunicação social a colocar oleo na sua pista para escorregar melhor.
    Cuidado com as derrapagens.
    Um dia, um amigo meu, debaixo de alguns copos bem bebidos dizia este verso:

    Não há peixe como o caracol
    Escorrega em manhãs de orvalho
    Dá curvas a cento e vinte
    Ó caracol do caneco
    O meu amigo não é malcriado
    Este caracol é muito perigoso a deslizar e com ajuda nem se fala

  16. Isso já sucedia nos tempos de Marcelo Caetano.
    Quando da eleição para os Secretários Provinciais de Angola, num dos postos administrativos do Sul contaram-se 103% dos votos a favor do Venâncio Guimarães Sobrinho. Portanto não é de admirar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.