20 thoughts on “Uma grande ideia da Joana”

  1. – Ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares é acusado pelo Conselho de Redação do jornal “Público” de ter ameaçado a jornalista Maria José Oliveira, de quem “divulgaria, na Internet, dados da vida privada”, caso uma notícia fosse publicada.

    Ler mais: http://expresso.sapo.pt/jornal-publico-miguel-relvas-acusado-de-ameacar-jornalista=f727084#ixzz2LVhIv7ZD

    O jornalista Pedro Rosa Mendes confirmou, em declarações ao PÚBLICO, ter sido informado, por telefone, que a sua próxima crónica, a emitir na quarta-feira, será a última da sua autoria. “Foi-me dito que a próxima seria a última porque a administração da casa não tinha gostado da última crónica sobre a RTP e Angola”, diz o jornalista, por telefone, a partir de Paris.

    http://www.publico.pt/media/noticia/rdp-acaba-com-espaco-de-opiniao-que-serviu-de-palco-a-criticas-duras-a-angola-1530455

    Portanto, o Relvas pode silenciar os outros, já os outros não podem silenciar o Relvas.

  2. o césar monteiro já apresentou essa ideia mais desenvolvida e até foi subsidiado, portanto a a joana vem atrasada, caso seja a vasconcellos tem boas hipóteses de se safar com o murcon que faz de viegas.

  3. A ideia da Joana é über-brilhante para o ministro e o governo laranja; sendo o Miguel Relvas a face do governo — é a sua pasta governamental — um debate de José Relvas com portugueses indignados seria algo em que muitos de nós, certamente, quereríamos participar…

    Noto que um debate com o povo não consiste em ler umas palavras escritas pela sua assessora privativa, como ele ia fazer; consiste em ao povo lhe ser concedido o direito de fazer ao Ministro dos Assuntos Parlamentares as perguntas difíceis.

  4. mil perdões para o republicano José Relvas, de boa memória. No post anterior, onde se lia “José” deve-se ler “Miguel”.

  5. Querido é o sr. dr. relvas… um verdadeiro amor.. que pena que eu tenho dele.
    Burlou 10 milhões de pessoas e agora os mauzões não o deixam falar… coitadinho.

  6. Esta é a velha teoria de que as greves sao um direito democrático ,, desde que nao se façam.

    Pois eu como licenciado pelo iscte em 84 tenho muito orgulho no iscte . Os alunos do iscte exerceram o seu direito de expressao num espaco que é tambem deles e o governante acobardou-se e fugiu .

    Esta a verdade . Alias este ministro ja devia estar demitido a bem do prestigio a democracia .

  7. Alias , o Relvas se tivesse algum pingo de vergonha e honra ja deviamter pedido a demissão de ministro e apresentar um pedido de desculpas aos portugueses.

    Parece que a Joaninha vê os filmes ao contrario , nem parece do iscte.

  8. Parece que o Sócrates agora é delegado de propaganda medica

    “Sócrates é presidente do conselho Consultivo para América Latina do grupo Octapharma”

    Noticia do i

  9. a ideia é boa, mas algo incompleta: deviam ir de joelhos e beijar-lhe os pés, agradecendo a sua coragem e prometendo não voltar a pecar.

  10. Não há nada mais triste que tentar ser politicamente correto só porque é supostamente correto e porque é moderno.

    Também é para ti o Valupi!

    Os “jovens” deviam ter ido ter com o Sr. ministro e dizer-lhe com muito jeitinho, “Ó Sr. ministro, importa-se de usar vaselina? Sabe, é que me está nos a magoar!”.

    Pobres criaturas, “porrada” neles todos!

  11. Os agentes políticos deste país, especialmente os do PS e os do PSD, só diferenciáveis pelo inócuo D, querem fazer as tropelias que lhe apetece, e acham que tudo o que o povo pode fazer é desfilar na Av. da Liberadade.

    A reles classe política deste país tem de ser posta na linha, e se for com grandoladas melhor, se não for, terá de ser algo mais efectivo.

    Valupi, com estas mostras bem a tua raça. E não é assim tão diferente da do Relvas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.