9 thoughts on “Ultrapassados pela Albânia”

  1. Eu dei a minha a um dos amigos que veio ajudar a mudar-me, estou livre disso, pelo menos por uns tempos,

    já estás a pintar outro?

  2. aquela do ‘deixa as cores respirar’ que alguém disse é boa; eu dantes também pintava, é difícil saber parar, como saída prática podes passar a deixar incompleto e um dia podes lá voltar,

    também estive a ver e se calhar o 4 está melhor respirado que o 5 como disse um comentador,

    é bom isso de postar as fotos e poder ver a metamorfose

    presente

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.