14 thoughts on “Toda a verdade sobre a vitória de Espanha”

  1. o futebol espanhol/barcelonês é um tédio.
    Hoje a pressão em cima acabou com esse mito ” do melhor futebol do mundo e arredores”. Só que eles também sabem defender e com os nosso avançados nunca conseguem acertar na baliza quando chutam. vai sempre para cima (será das botas? ou falta de treino? Os alemães quando rematam em bolas sem preparação acertam na baliza mesmo que não seja golo). Depois os penalties são mesmo para esquecer, quando o moutinho falha (depois do brinde espanhol) a coisa ficou definida – podiam ter ido todos para o banho.
    Ambição é marcar golos mesmo!!!

  2. Com todas as limitações que apresentámos, fomos além do esperado.
    Temos um fora de série e mais três ou quatro aproveitáveis. Portanto a prestação foi boa.
    A Grécia não nos chega aos calcanhares…
    Este jogo da Espanha chateia, é feio mas vai servindo.
    Os penaltis são sempre uma merda de lotaria e inspiração do momento.
    Parabéns seleção!

  3. A seleção teve u m comportamento meritorio.Concordo com a escolha de Paulo Bento, tem as caracteristicas ideais para os grandes confrontos,mas tem que ter a coragem de por Ronaldo na ordem.Somos uns dependentes de um jogador que na seleção não justifica esse estatuto.Marca todos os livres para dar o seu espectaculo.Quantos já marcou e quantos resultaram em golo.A média e baixissima.Corre menos do que os colegas.Não gosta de jogar a ponta de lança,impossibiltando-nos de jogarmos com dois alas puros a centrar e ele no meio a cabecear.o seu estatuto permite, para se proteger. que não seja dos primeiros a marcar as grandes penalidades como ontem.Conhece Casilhas sabia certamente o que fazer.Se não fosse a velocidade que por vezes utiliza era um jogador banal.Sou do Sporting,nada tenho contra ele,saiu do clube porque o clube assim quiz por 10milhoes de euros.Compara-lo a Messi só por patriotismo bacoco.é uma injustiça para os outros jogadores esta estrategia que tambem passa pelo empresario Jorge Mendes, para o valorizar.Alguma vez viram tanto unanimismo na avaliação a um colega? não pois não? jorge mendes é o empresario de Ronaldo e de 90% dos jogadores da seleção.Tenho dito.

  4. Portugal Espanha
    Golos
    0 0
    Remates
    10 11
    Remates à baliza
    2 5
    Cantos
    6 7
    Faltas
    31 21
    Foras de jogo
    2 3
    Cartões amarelos
    5 4
    Cartões vermelhos
    0 0
    Posse de bola
    43% 57%

    pelos vistos nem estatísticamente ganhámos, mas o cavaco já felicitou a selecção pela derrota

  5. Ainda não foi desta que limpámos uma taça nos séniores, mas já conseguimos ser eliminados por um mísero “penalty”, sem perder no jogo jogado, e frente aos campeões do mundo! Vá lá…

    Não podemos queixar-nos de nada, nem de ninguém. Fizémos boa figura e fomos uma das três grandes seleções deste europeu, em vitórias mas também em qualidade do jogo, a par da Espanha e da Alemanha (que merecem ambas ir à final, a menos que a Itália hoje surpreenda pela positiva).

    Eu teria apostado no Varela mais cedo, mas agora nem vale a pena ficar a moer isso…

    Só fico muito contente por o Relvas ter regressado murcho a casa e o Eusébio ser poupado à violência emocional de mais quatro dias de ansiedade.

  6. a propósito, alguém reparou na notícia do Expresso que dá conta que na versão final e oficial (a que fica para a história) do parecer da ERC sobre o caso Relvas-Público, o termo “inaceitável” desapareceu? O Sr. Carlos Magno diz-se muito incomodado com o “lapso” que terá sido, certamente de um um funcionário.

    A versão não é alterável nem corrigível, esclarece. Daí a sua insis`tência em declarar como inaceitável a atitude do ministro junto dos órgãos de comunicação social que regula.

    pronto, era só mais este apontamento sobre a MOB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.