Tempos interessantes: Lobo Xavier defende o Governo da extrema-esquerda

«Lobo Xavier defendeu que "o alerta de crise energética teve dificuldades em ser aplicado enquanto as forças de segurança não endureceram um bocadinho a sua limitação e o seu combate à violação, à intimidação, ao insulto e à agressão". Procurando especificar a que tipo de intimidação se referia, Lobo Xavier explicou que foi aquela que foi exercida sobre "centenas de trabalhadores dispostos a conduzir camiões e que não se sentiam seguros".

Perante as críticas feitas ao Governo, o advogado advertiu que "não foi o Governo" quem não se preparou, mas sim os próprios transportadores: "Não levaram a sério o aviso de greve e nunca estimaram que a greve pudesse chegar ao ponto a que chegou e ter a dimensão, efeito e produção de incómodos ao funcionamento da vida em Portugal que chegou a ter."

Quanto aos serviços mínimos decretados, e admitindo que "ficava mal" ser o próprio a explicar, os parâmetros dos mesmos foram "basicamente definidos em cima da situação pelas empresas de transporte. O Governo concordou. Depois de estarem em práticas, percebeu-se que eram muito limitados", já que o país não se resume às áreas metropolitanas de Lisboa e Porto.

Em conclusão, Lobo Xavier saudou a forma positiva como esta greve foi concluída, até porque "podia ser trágica para o país e ter efeitos políticos que não sabemos até onde poderiam ir".

"Em Portugal culpa-se o Governo por tudo, para o mal e para o bem", concluiu.»


Fonte

2 thoughts on “Tempos interessantes: Lobo Xavier defende o Governo da extrema-esquerda”

  1. Declaro que a visão e a escuta deste sr. Xavier me provoca um início de urticária que redunda num violento zapping até ao Gouxa se necessário, gravata por gravata está- se melhor.
    Tal resulta de o ter visto e ouvido intitular-se mártir da Liberdade por ter estado num comício do CDS no pavilhão. Dos Desportos,no Porto,pavilhão entao cercado por pavorosas multidões de gente de Esquerda,Xavier dixit.
    Mesmo mártir foi estrondosamente derrotado na eleição para presidene do seu partido pelo sr.Manuel Monteiro,jovem politico prometedor,mesmo assim com muitas menos gravatas que o policromo Xavier.

  2. Também interessante é ver o Economist desta semana a dizer que seria desejável que grande número de espanhóis votasse, daqui a uma semana, no Partido Socialista Operário Espanhol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.