Elon Musk fã nº1 dos Motoristas de Matérias Perigosas

Muito boa gente deu por si a fantasiar, entre terça e quinta-feira, que nunca mais seria apanhada com o depósito em baixo à pala de camionistas. Solução? O próximo carro ser um eléctrico, ou híbrido. Para além de todas as vantagens que já se conhecem, e de cada vez menos desvantagens (porque aumenta a autonomia e baixa o preço), ganhou-se outra razão altamente motivadora: levar a que a profissão de motorista de matérias perigosas se torne uma raridade sem qualquer poder sobre a liberdade de deslocação automóvel de particulares e empresas ao longo do ano.

Parabéns, pois, aos bravos que pararam o País. É que, como recomendam os sábios, há momentos em que importa parar para pensar. E o resultado vai ser o de se acelerar o processo de obsolescência dos combustíveis fósseis aqui na terrinha.

21 thoughts on “Elon Musk fã nº1 dos Motoristas de Matérias Perigosas”

  1. Esta greve fia muito mais fundo e os motoristas nem se perceberam….Até parece que ele anda por aí. Que se mudou para a Europa já se sabe… E com eleições em Espanha , quem sabe se não deu um saltinho aqui ao burgo .

  2. Os carros elétricos não conduzem à “obsolescência dos combustíveis fósseis”. A eletricidade com que eles funcionam precisa de ser produzida de alguma forma. E geralmente é produzida com combustíveis fósseis.

  3. ainda bem que o fóssil obsoleto reivindicou a paternidade do comentário, não fosse o pessoal pensar que o einstein andava por aqui à solta. esta malta da lavoura emborca uns gasóleos agrícolas ao piqueno almoço.

  4. vamos lá ver se eu percebi a cena. o sindicato foi formado há 3 meses e é gerido por um escritório de advocacia, aparentemente ninguém pagou cotas, mas foram todos aumentados para o dobro do ordenado e mais uns trocados. quem é que paga a despesa, aumentos e honorários do advogado? será que a partir de agora posso contratar um advogado para reclamar aumento de ordenado e uma empresa de eventos para tratar das manifestações de rua?

  5. hahahaha vai haver aviões electricos! e toda uma frota de camiões electricos para transportar a comida e outros bens… rais parta

  6. E porque ficar por aqui? Máquinas a fazer diagnósticos para deixarmos de depender de médicos e técnicos, aviões automáticos para no Natal não termos a palhaçada do costume, transportes autónomos para tirar todo o poder aos taxistas e cgtp, dar liberdade de escolha na educação para acabar com a palhaçada do sindicato dos professores, simplificar o sistema judicial para não sermos reféns de uns advogados espertalhões, privatizar partes do sector público para acabar com a constante chantagem, etc. Muita coisa a melhorar neste país, haja vontade

  7. Para o elétrico ser alternativa teria de se aposentar no nuclear e tenho muitas dúvidas que os conas do PS queiram mexer com os interesses da Galp e EDP

  8. A proxima que houver greves dos professores, pessoal da TAP, transportes publicos, etc, podemos voltar a este tema :)

    Ou é só quando se trata de um sindicato pela qual não temos simpatia?

    Aliás, a TAP é flagrande, lá chegaremos :)

  9. É pá…. Afinal o nuclear está de volta…. Como é que se chama o outro que queria uma central nuclear e quando o Passos foi para o governo exultou na televisão que agora é devíamos construir” uma ou duas centrais nucleares” ((porque não meia dúzia ? Não seria mais barato ? )… e também queria uma refinaria em Sines….

  10. Não há melhor forma de aumentar o consumo de combustiveis fosseis do que apostar nas ditas renováveis. Os dados não interessam para nada, desde caiba na vossa narrativa, tipo o Socrates ser inocente.

    Mas voltando ao tema em questão. Que devemos fazer para não sermos constantemente chantageados pela cgtp? :)

  11. “Que devemos fazer para não sermos constantemente chantageados pela cgtp? :)”

    vota na cricas, ca gaja mete-os todos nos sumarinos do portas e tira a rolha em alto mar ou faz uma macumba e os gajos piram-se prá sibéria. não há pachorra para as marrativas no sócras.

    “Não há melhor forma de aumentar o consumo de combustiveis fosseis do que apostar nas ditas renováveis”
    desenvolve lá essa adaptação energética do quixote, pode ser que o mexia te arrume um lugar de porteiro no maat.

  12. Muito simples. A variabilidade das renováveis requerem um fonte de energia que seja fácil e rápido ligar e desligar. Agora advinha que fontes são essas. Mas se não acreditas, com o Google também podes chegar aos dados. Tu consegues. Podes começar por ver o caso alemão.

    Já não parece tão quixotesca, pois não? Já o Vara ou o Sócrates inocente….

  13. “A variabilidade das renováveis requerem um fonte de energia que seja fácil e rápido ligar e desligar.”

    portanto o resultado é:

    “Não há melhor forma de aumentar o consumo de combustiveis fosseis do que apostar nas ditas renováveis”

    pronto já percebi.
    agora explica lá o que é que a inocencência ou culpabilidade do sócras e do vara têm a ver com a greve dos motoristas e com o consumo de energia. podes continuar a citar o google se achas que dá mais credibilidade aos teus brilhantes raciocínios.

  14. Bom, também não sei o que é que o vinho tem haver com a discussão, no entanto foi referido. Pensei que a ideia era discutir tudo menos como parar a constante chantagem da cgtp, ugt, fenprof etc

  15. Ou seja, se bem entendi: Aposta-se nas fontes de energia renováveis para diminuir o consumo de combustíveis fósseis, mas ao utilizarem-se energias renováveis, está-se a aumentar o consumo de combustíveis fósseis. Brilhante, carago! Desta nem o Cavaco se lembrava.
    Ó Eu, sai mais um copinho de tinto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.