4 thoughts on “Serviço público”

  1. Nem há Democracia sem “boa” informação! Simplesmente não é possível. Não foi por acaso que foi sempre o primeiro sector a ser atacado por todos os regimes ditatoriais ao longo da história. Ainda agora na Hungria, primeiro a liberdade de expressão e depois o controle da Justiça. Quanto ao problema do umbiguismo, tão do agrado da nova ordem neo-liberal, temo que todos o tenhamos deixado ir longe de mais. Hoje já é um modo de vida perfeitamente normal entre muitas gerações. Mais uma vez com reflexos em todos os domínios da vida. Senão como é que é outra vez possível tamanha aceitação do regresso do trabalho à jorna nas grandes urbes?

  2. 26 DE ABRIL DE 2019 ÀS 18:04
    26 DE ABRIL DE 2019 ÀS 20:46

    Eheheh!

    Nota, 4U. Lá nos teus pesadelos, Valulupi, tu deves ouvir é a voz do major Álvaro Salvação Barreto.

  3. É lindo ver estes pandegos falar em “abertura, transparência e ética”.

    O que li foi basicamente “temos de patrocinar o público e o grupo balsemão com dinheiro dos contribuintes, porque estão quase nas couves”.

    Depois onde ia pregar o frade Louça e demais imbecis? Na internet? Eram capazes de ficar às moscas.

  4. Esqueci-me do diário de notícias de tão irrelevante que é. Depois quem dava emprego à f.? A fotografia tb não está a dar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.