One thought on “Saving Lives, One Page at a Time”

  1. Valupi meu caro, o assunto é muito sério, paga um jantar a um tipo qualquer e faz dele um amigo. Ou tenta. Há patetas que querem reduzir tudo a estatísticas, para validar o quê? Há também quem queira ter tudo controlado, até o que os outros pensam. A coca dos pobres é o tinto, abre a mente, faz amigos, gasta o que tens, contenta-te com o possível. Podes sempre encomendar o impossível mas não te esqueças que deve ser feito o pedido de véspera. Claro que não são conselhos para ti, são para os teus doentes.

    PS. temos umas contas em atraso:O braço que chega longe? O de ambos, o teu e o do Maltez.
    Continua por aí, significa que gosto especialmente quando cavas de verdade um assunto melindroso. Eu? Ando por onde posso, ou seja pela casas dos amigos como tu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.