12 thoughts on “Rir é o melhor remédio”

  1. Eu já não consigo achar graça nenhuma a este pesadelo. O Manuel Alegre (e outros jograis) são já apenas fantasmas de um tempo que se finou, só que ainda ninguém se apercebeu disso, porque falta ainda fazer-lhe o enterro. Sem pompa, mas com a devida circunstância.

  2. Eu já não sei se hei-de chorar ou de rir, pois a realidade – esta do M.A apelar à unidade do partido (!?!), ele que iniciou o “escavacanço” do governo anterior – ultrapassa tudo o que nós possamos imaginar…!
    Val, venho sempre visitar este espaço, qual candeia luminosa que me reconforta nesta travessia das trevas em que nos encontramos, mas já não sei acrescentar nada de novo que mereça deixar registo pessoal.

  3. Já tinha dado por isso mas sempre é bom ficar registado para memória futura. Este PS não tem pés nem cabeça. Não tem pés para andar nem cabeça para pensar. Estamos órfãos. A continuar assim é mais uma abstenção nas próximas eleições legislativas. O que, da minha parte, será a primeira vez que tal acontecerá, mas estamos em presença dum grande nabo à frente do partido!

  4. Um apelo à unidade vindo desse fulano é:

    * publicidade enganosa?

    * soluço de crocodilo?

    * manobra divisionista?

    * declaração de arrependimento?

    * delírio senil?

    * banha da cobra com ranço?

    * gargarejo inconsequente?

    * sonho vegetariano?

    * polução noturna?

    * ejaculação post mortem?

    * peido inadverido?

  5. Val, eu não sei se hei-de rir, chorar ou praguejar…
    Este gajo sempre a cheirar a flatulências irrita-me comó caraças!!

  6. Este poeta vaidosão grande responsável por gramarmos a cavacal figura e que se aliou ao cónego Xico Anacleto numa oposição obscena no parlamento ao “seu” partido,o PS!De facto a vergonha parou neste cromo!

  7. Portuga,
    “será a primeira vez que tal acontecerá, mas estamos em presença dum grande nabo à frente do partido!” – esta deu-me que pensar, que tempos tristemente históricos, que merdice de “líderes” – estamos em novos tempos feudais : quem manda não são bem os reis, mas outros senhores, e estes raramente dão a cara…E depois temos os bobos da corte.

  8. ah, claro, e quando é preciso dinheiro, o sheriff de Sherwood aumenta os impostos sobre o…povo, pois claro.às tantas, o povo já sonha com o Robin Hood e descola da realidade, que não tem graça nenhuma. Por acaso, os últimos Robin Hoods que têm sido desejados em desespero só deram merda, transformaram-se nuns tiranetes do caraças.
    (ui, daqui a pouco tenho de pôr música, senão isto fica muito deprimente, aproveito agora, para animar os tristonhos que aqui chegarão depois do jogo da bola)

  9. Puta de vida! Como se não bastassem os coelhos, portas, cavacos, álvaros, cristas, relvas, gaspares e toda essa merda rançosa que nos lixa a vida, ainda temos que levar com o destrambelho senil do “Luis de Camões de galochas”. Se ele fosse à merda…
    Dêem-lhe um microfone e levem-no para a Argélia, para ver se morre por lá e deixa de vez de nos fecundar o juízo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.