4 thoughts on “Ricardo Costa, é a tua vez de jogar”

  1. Por tudo o que tenho visto fazer a esta gente neo-cavaquista, este compasso de espera de Passos para tomar uma posição pública sobre o caso das “escutas” a Bairrão”, teve como finalidade atar todos os pontos para fazer saltar a verdade final. Por outras palavras, “os que vão falar”, já se puseram de acordo no que vâo dizer. O próprio Bairrão tem tido uma atitude tão contorcionista que faz lembrar alguém que luta desesperadamente por salvar qualquer coisa de um qualquer tacho que ainda lhe possam oferecer, se colaborar.
    Se as coisas são assim como estou a conjecturar, bem pode o Ricardo Costa apresentar as “suas” provas. A última palavra é a do SIS. E parece que esta já está garantida, de outro modo Passos não seria tão assertivo.
    Deixei de acreditar em instituições da democracia que sofreram um desvio colossal. Alguém está a mentir e mais uma vez ninguém vai saber a verdade.

  2. Hmmm! Tenho as minhas dúvidas. Os ‘mentideros’ ainda não se afastaram da capital e a verdade há-de ser contada a conta-gotas, e com ácido que é para corroer devagarinho.

  3. Há um enredo em redor deste caso que envolve os barões do PSD que fazem oposição ao Ângelo. O rapaz, Bernardo, está metido no meio. O José Eduardinho e a Manela também estão a mexer o panelão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.