Revolution through evolution

Pregnancy Permanently Changes Foot Size
.
Mom’s Placenta Reflects Her Exposure to Stress and Impacts Offsprings’ Brains
.
Hyper-Masculinity Encouraged By Aggressive Advertising
.
How Facebook could get you arrested
.
Exercise Key to Good Sleep
.
Gene Discovery Reveals Importance of Eating Your Greens
.
Chewing Gum Helps You Concentrate for Longer, Study Suggests


.
Can Tree Mortality Predict Human Mortality?
.
Is Your User Content Online Legally Yours?
.
Putting Tests to the Test: Many Medical Procedures Prove Unnecessary—and Risky
.
Mental Picture of Others Can Be Seen Using fMRI, Finds New Study
.
Monkeys Stay Away from Mean People
.
Placebos Work Better for Nice People
.
Epigenetics: Neurons Remember Because They Move Genes in Space
.
Better Living Through Mindfulness
.
Human Brain Cells Make Mice Smart
.
Animating Anthropomorphism: Giving Minds To Geometric Shapes
.
Web-based ‘brain’ for robots goes live
.
Friendships Are Good for Our Health

6 thoughts on “Revolution through evolution”

  1. que imagem tão linda: os corpos com árvores a crescer por dentro, árvores que mascam chiclas de mentol enquanto os pés da vida crescem. :-)

  2. Esforcei-me e contei. São dezanove artigos da ciência da treta, só para quem não tem mais nada que fazer; para levantar o nível destes correios da manhã pseudo-científicos, e pegando na deixa da L sobre o cérebro criativo (recriativo, digo eu), espeto já aqui com uma série de clássicos revisitados – recriados a avacalhar – mas com mais verdade.

    Tou de dj, segue pra música, e cuidado que pode ferir tímpanos e sensibilidades.
    O tema é: “Evolution through revolution”
    http://www.youtube.com/watch?v=rDyb_alTkMQ

    http://www.youtube.com/watch?v=eoAInnj22_w

  3. vou reler tudo porque o meu cérebro criativo vai, com toda a certeza, aproveitar ainda mais. ai que bom que é não fazer mais nada a não ser ler e reler artigos! ai que mel com queijo e pão d’água!

  4. não tenho dúvidas: tu és, edie, daquelas personagens que fazem com que a bela adormeça. e dormes a pensar em agulhas e maçãs envenenadas. e depois andas, amiúde, com o cabelo oleoso. inhac. :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.