13 thoughts on “Revolução, precisa-se”

  1. É com alguma tristeza que vejo que o comportamento animal básico e primário faz parte do genoma humano, e a par de uma revolução é preciso também uma mudança de mentalidade. Somos animais!

  2. pelos vistos tem feito carreira à custa de escamdalos sexuais, foi assim no iraque, no afeganistão e agora no cairo, para não falar nos states.

  3. é giro, parece a descrição do país onde cresci. tal e qual. os apalpões indiscriminados de homens maduros, na adolescência, até quando ia lado a lado com a minha mãe.

  4. estou mortinha que um dos direitos humanos venha a ser a castração. (até já me imagino, como voluntária, a usar uma daquelas maquininhas caseiras que cortam ovos às rodelas com precisão. e, depois, ainda fazia um belo de um refogado, com as pilas e os cojones, em resquícios, para os castrados comerem. ah, que maravilha de visão.):-)

  5. Vá lá, Edie, o mundo vai mudando, embora mais lentamente do que gostaríamos. Era inevitável que os homens ditassem as leis desde o início da espécie: tinham mais força física (até há bem pouco tempo fundamental para a sobrevivência). E ditaram-nas à medida da sua conveniência, claro.
    Não me sinto mais triste. Não creio que alguma vez tenha existido, no passado, uma idade de ouro para as mulheres, eventualmente destruída pelo advento do machismo. Não. Em matéria de respeito pelas mulheres e de igualdade tudo já foi muito pior do que agora. Não me sinto rodeada de machismo. Há milhões de homens civilizados. Nascemos do lado melhor do planeta, é verdade. Aquele que pode estimular as pessoas do outro lado. Nem que seja abrindo a porta e as janelas da internet.

  6. Olha que as sociedades patriarcais não são de sempre, não, Penélope. Eu também me faço rodear de homens “civilizados”, como lhes chamas. Mas esse não é o ponto, pois não? A opressão do Outro para mim, é uma tristeza, mas isto sou eu, deixa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.