Português, língua de campeões

No neuropatológico mundo das artes marciais mistas, Anderson Silva é o mais criativo, o mais espectacular e o mais convencido dos lutadores. Este brasileiro de 36 anos anda a dar porrada em todos os que lhe aparecem à frente desde finais dos anos 90, e a ganhar muito dinheiro por isso no circuito internacional, continuando sem se render ao inglês.

Neste combate, disputado em Fevereiro, Anderson fez algo nunca antes visto em competições profissionais para choque doloroso do seu compatriota e adversário. Mas não é por esse brilharete técnico que trago o vídeo, é antes pelo brilho do seu orgulho em falar na nossa língua no meio dos gringos.

2 thoughts on “Português, língua de campeões”

  1. Aqui o valente e decidido Anderson Silva fez, ainda bem a tempo, aquilo que o hesitante e titubeante José Sócrates nunca conseguiu fazer a Cavaco Silva, senão muito provávelmente poderia ter também acabado derrubado, pela astúcia e a manha que se pressentem no Vítor Belfort. Uma lição de Mestre, para todos os que a saibam receber…

  2. ainda bem mas eu fiquei curiosa foi com isto: ora se lhes dá tanto prazer andar ao soco – com aquelas lycras coladas como esconderão as erecções. :-)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.