Perguntas simples

As viagens em económica, e não sei quê das gravatas, já se reflectem nas contas públicas e na confiança dos mercados ou ainda é preciso esperar mais um bocadinho?

12 thoughts on “Perguntas simples”

  1. A propósito de desvios, continuo sem saber qual é o plano para a Madeira. É que se fôr o que está no OE, não existe, e a carga fica toda aqui nos filhos da puta do contenente, que ainda vão ter de pedir mais dinheiro emprestado à conta do Jardim e dos seus amigos no governo.

    Outra coisa que me faz muita espécie é que nenhum jornalista se lembrou de perguntar porque é que o tal plano de austeridade para a Madeira, que deveria aguardar a realização das respectivas eleições, ainda não é conhecido…(nunca vai ser, já percebemos, mas perguntar não ofende).

  2. Então não reflectem, só à conta das viagens em económica(vulgo de borla)o défice da transportadora aumentou, e não foi pouco.

  3. Para quem continua a batar nos “desvarios”dos ultimos anos deixo aqui só duas palavras que deveriam fazer calar quem tem vergonha na cara : Pedro passos coelho e magalhães…pedro passos coelho e magalhães…magalhães…pedro passos coelho…

    Aliás até tem a ver com viagens de avião, comitivas e etc

  4. Ó Gato Vadio, junta mais umas quantas: BPN, BPP, Madeira, Submarinos, Acções manhosas com nomes esquisitos em inglês, Valentins, Loureiros, Limas…bem, por agora chega.

  5. e continua Carlos Sousa, PPP´s, europarque, Armando Vara, Rui Pedro Soares, Paulo Penedos, José Penedos, défice 10%, contas off shores, Freeport, Ricardo Rodrigues, aeroporto, TGV….. por agora chega.

  6. Armando,
    Consegues especificar, ou ficas-te pela boatagem do “diz que disse”?
    É assim tipo buraco colossal, tájaver?
    Agora, os teus amigos, na sua maior parte, estão formalmente acusaditos e alguns condenaditos, né?
    Sê honesto e faz uma distinçãozinha, pode ser?
    É que os “xuchas” -como vocês gostam de os chamar- são uns meninos ao pé desses ladrões e filhos da puta (como eu gosto de os chamar)

  7. Portugal vai começar a perder alguma credibilidade nos mercados a partir de agora: as temperaturas estão a baixar e a malta vai voltar a usar gravatas para cortar o frio no pescoço.

    Estamos tramados! Gaspar, precisamos de mais umas medidas para combater o regresso das gravatas!!!…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.