36 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Provavelmente amanhãs que cantam. A traição aos trabalhadores foi só mais um trambolhão na escada do ódio que conduz à insignificância. Que descansem em paz já que em paz se aliaram aos seus carcereiros.

  2. andavam a ficar sem argumentos de luta e falta de receitas sindicais, aquilo trabalha à percentagem das indemnizações.

  3. Chama-se ‘política da terra queimada’ ou ‘quanto pior melhor’. Já que não têm argumentos para apresentar que os favoreçam, aproveitam para tentar entregar o poder a quem dê cabo disto.

    Esperam que, daqui a uns anos, possam aparecer como salvadores da terra que desprezam tão profundamente que até a entregam aos seus inimigos/aliados, mesmo que para isso nos entalem a quase todos.

    Estratégias suicidas…

  4. O objectivo primeiro destes partidos não é o bem ou o progresso do país, mas sim a auto-preservação. Esta fica mais facilitada com governos de direita cujas políticas, baseadas no liberalismo económico, lhes dão mais hipóteses de acolher os descontentamentos das classes mais desfavorecidas.

  5. Quais “mentiras”, qual “desinfecção” (as tretas que as crianças e os tolos engolem)! Esperavam apenas uma só consequência: satisfazer-se maquiavélicamente com a derrota do seu único inimigo político – o P. S. -, que representa tudo aquilo que eles mais odeiam – democracia, liberdade, bem-estar, tolerância, justiça e felicidade.

  6. Por acaso entrei naquela sondagem do domingo, veio aqui um rapaz bater à porta com uma urna de papelão e votei para a sondagem. Estou de consciência tranquila – sei que isso não resolve nada mas os factos são estes…

  7. logo vi que os gajos importantes votavam nas premieres para evitarem o suor das eleições populares. coitados dos pobres intronquilos quando a urna vai lá casa é para os encardernar para o escrutínio final.

  8. tá bom de ver porque é que o ps começou a baixar nas sondagens a partir de domingo. foi o poeta que entrou em cena e virou o tabuleiro ao contrário, é desta que o pingo doce te compra os direitos de autor do teu vasto espólio poético & literário. até já deves estar apontado para uma sameira no próximo dia da carraça.

  9. Quais “mentiras”, qual “desinfecção” (as tretas que as crianças e os tolos engolem)! Esperavam apenas uma só consequência: satisfazer-se maquiavélicamente com a derrota do seu único inimigo político – o P. S. -, que representa tudo aquilo que eles mais odeiam – democracia, liberdade, bem-estar, tolerância, justiça e felicidade.

    Quem isto escreveu em que país vive?
    No país das tretas?
    Tenha juízo.
    É um aldrabão, mas isso não é novidade.

  10. “satisfazer-se maquiavélicamente com a derrota do seu único inimigo político – o P. S. -, que representa tudo aquilo que eles mais odeiam – democracia, liberdade, bem-estar, tolerância, justiça e felicidade.”

    Esta deu para rir uns largos minutos…

  11. Já se sabe o que o PCP é: uma cambada de estalinistas que vivem em 1917.

    Agora, o BE com aquele louco maniqueísta a lidera-lo, vai morrer na praia. A única coisa que move o homem é o ódio a Sócrates, mas no dia 6 vou-me rir muito com os resultados dos PSRs.

    O meu único prazer vai ser ver o PSR a desaparecer de vez depois destas eleições…

  12. a comunada está a entrar em parafuso com a banhada que se avizinha, quando enganavam analfabetos e pobres era fácil, a coisa resolvia-se com uns jantares-comício e uns amanhãs de cabidela, ninguém tinha nada a perder. agora é uma chatice, a clientela sabe ler e pode falir.

  13. “A Ryanair enviou 10 rosas ao Sindicato Nacional da Aviação Civil para celebrar os 10 dias de greve da TAP.” económico, hoje

  14. Entre os analfabetos e pobres e os boys e os monhés dos comícios.. Não sei, mas nisso o PS leva a frente a qualquer partido – ninguém engana tanta gente, isso é garantido. Depois, claro, é tudo eleitorado de classe, tanto que agora dão votos ao PSD, PP, BE e CDU, que tarimba! Mas também já enganaram mais.

  15. Em tempos um homem que já não existe dizia: “se te queres ver livre dos comunistas acaba com a miséria”. Verdade? mentira?.
    Eu já trabalhei fora do meu país, em paises ricos, mas que apesar de ricos, respeitam quem trabalha, não existe diferenças entre trabalhadores do estado e do privado, logo às oito horas da manhã tanto o médico como qualquer outro trabalhador está no seu local de trabalho. Quando chega altura das férias pode-se pegar na tralha e ir para onde nos der na real gana porque existem meios para isso.
    Aqui onde existem estes ditos defensores dos trabalhadores, que a unica coisa que sabem fazer é dividir e dividir para crar miséria, pois é na miséria que eles encontram as condições para os seus objectivos.
    Porque é que existem dois partidos iguais??

  16. O BE e o PCP aliaram-se à direita, abrindo a porta a políticas mais austeras e liberais pois pensavam daí obter mais apoio dos cidadãos indignados. O resultado é: uma política mais austera, menos preocupação social e menos votos para esses dois partidos. Aconteceu o mesmo em França quando Lionel Jospin perdeu as eleições. A isto eu chamo b-u-r-r-i-c-e.

  17. Oh António Diogo e quem é que vai acabar com a miséria? Os liberalóides do seu partido? Ou dos outros dois? Têm feito um óptimo trabalho, realmente…

  18. Oh meu amigo, para que é que existem dois partidos politicamente iguais, se é para defenderem os trabalhadores porque é que tudo fizeram para os entregar de bandeja nas mãos da direita.
    Agora é melhor assim?
    Olhem para o meu Alentejo que há quinze anos era todo vermelho e hoje o que é?
    Porque é que quando dominavam não só sindicatos como o aparelho do Estado beneficiando de facilidades nas contratações colectivas, criaram um fosso tão grande entre privado e publico?
    Porquê dividir tanto?
    Será que não conseguem ver que o partido de esquerda, maioritário, é o PS e é com esse partido que temos que contar e lutar?
    Será que não vêem que as politicas desses partidos, hoje, já não tem cabimento em nenhum país?

  19. Mesmo depois de o PS assinar juntamente com o PSD e o CDS o acordo com FMI/UE/BCE, ainda há tótós que o classificam de esquerda? Fantástico, pá!

  20. O António Diogo é que diz que não têm cabimento. Mas. em abono da verdade, também diz que o PS é de esquerda. Portanto, estamos conversados.

  21. Recapitulando: dois partidos de extrema-esquerda votam com a direita, permitem queda do governo em exercício , subsequente recurso a “ajuda” externa e correspondentes medidas mais austeras, subsequente possível vitória do PSD, coligação com CDS e a promessa de políticas mais liberais. Cereja sobre o bolo :pelo caminho perdem votos…
    Isto merece claramente o Nobel da esquerda mais burra de 2011, terão, porém, de arrancar o galardão com afinco e até algum suor ao PC francês em mínimos históricos desde que ajudou a derrotar o PS francês permitindo a ascensão ao poder de… Sarkozy.

  22. correcção: ascensão ao poder em primeiro lugar de Chirac e depois de Sarkozy, é que entretanto já lá vão umas 3 legislaturas com a direita no poder, o PCF a perder cada vez mais terreno e parte do seu eleitorado a “migrar” para o Front National , extrema-direita…

  23. Será possível que a Sofia ainda ande com a treta da “queda do governo em exercício”? O governo não caiu, foi o Primeiro-Ministro que se demitiu, sem a isso ser obrigado. Foi voluntariamente que José Sócrates se demitiu, ninguém o demitiu.

    As acções têm consequências. A responsabilidade é apenas do Primeiro-Ministro.

  24. ó xico, pá, ó gajo da carpintaria da escrita, pá, foram ter contigo pras sondagens, meu carcamano, ó pá e lembraram-se de ti prós censos, pa? isso é importante pa, a história do futuro fica a saber que tu exististe, tens sanita em casa, embora faças no chão, e ar condicionado. até te deram um gajo só pró teu censo, pá. qué que puseste quando chegaste à parte das habilitações pá? não és doutor nem tens mestrado, mas foste á escola e descobriste o cesário em de vila franca de xira, pá, mas daí prá frente, não se sabe muito,cagamelo. manda aí uma fotografia de ti a tirares burriés da penca pá.

  25. Leo,

    É o Nobel e o Óscar da burrice, de facto também merecem o Óscar e já agora o globo de ouro da cegueira e memória curta. E porque não o Nobel da arte de virar o bico ao prego. Sim, é amplamente merecido.

  26. A Sofia não refutou nada do que eu afirmei. E repito: as acções têm consequências. A responsabilidade é apenas do Primeiro-Ministro.

  27. Oh Sofia sabes onde é que podes meter o Nobel e o globo de ouro.. ? Pronto, então. É que vindo de uma anémona que continua a achar que o governo do Pinto de Sousa era de esquerda somehow, chamar burros aos outros é grande exercício de coragem. Liberalóides, e pior que isso, incompetentes (para além de mentirosos) foi o que conseguiram ser até vos cortarem e pio e mesmo aí, é como o outro diz, só se demitiu porque quis. Deixem de ser atrasadinhos, o BE e a CDU não têm dever nenhum de escolher qual dos 3 estarolas é menos liberalóide, não se associam e pronto. Fazem muito bem.

  28. Ora bem, resumindo e concluindo,

    O único responsável de tudo é uma só pessoa :Sócrates ( óbvio ululante, claro), demitiu-se porque quis, quando quis, sem qualquer motivo, BE e PCP não se associam a ninguém, não têm o dever de escolher mas, atenção , os actos têm consequências. Cortaram-nos o pio, essa é que é essa. Que magnífico naco de argumentação…O PCF francêz tem aqui concorrência à altura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.