18 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Por algum motivo muito forte, Paulo Portas tem sobrevivido incólume a vários «processos mediáticos». Refiro só o da Universidade Moderna e este dos submarinos. No primeiro caso ouvimo-lo dizer na televisão que pagava «sem recibo» aos rapazes que faziam as sondagens, porque era bonzinho e queria ajudá-los. É o que toda a gente faz ao homem que vai lá a casa fazer umas obrazitas e nunca passa recibo para não nos sobrecarregar com o IVA. Alguém ligou? Alguma «felicia cabrita» ou TV pegou o Paulinho pela Moderna ou está agora a fazê-lo, pelos sumarinos, onde já é mais que evidente, pelo que veio a publico, que há ali no mínimo incompetencia, senão desprezo total pela «fazenda» pública? Curioso, a mesmissima justiça e comunicação social que anda há doze anos em cima da Fátima Felgueiras por causa de uns trocados que deu ao club da terra, quando o Alberto João dá o que quer aos da sua república e gasta milhões que vão daqui, a alimentar os seus pasquins. Em cheirando a PS é uma coisa, em cheirando a PSD/CDS é outra coisa. Mas isto já é um fado batido.
    Gostava era de saber quais são os mandões da esquerda ou da direita ou do centro que o Paulinho traz bem agarrados pelos colhões, para entender como pode passear-se impunemente pela democracia que temos. Será que não tem nos seus arquivos apenas aquelas sessenta mil cópias que fez no Ministério da Defesa, com o mesmo à-vontade com que mijar no seu quintal?

  2. Submarinos, fragatas, cruzadores, porta-aviões, fustas, galeras, bergantins, escunas e patachos. Almirantes, capitães de fragata, marinheiros, corsários, bucaneiros e piratas…dos urinóis.

  3. Até os bonecos da «contra informação» fizeram fotocópias com isso. Procurem nessas fotocópias do Ministério, hão-de estar lá, naquelas caixas.

  4. Será mais um fait divers para distrair a malta ou será que as políticas pífias e os submarinos pesados bateram mesmo com o casco, para não dizer outra coisa, no fundo do nosso mar salgado?

  5. “Em cheirando a PS é uma coisa, em cheirando a CDS/PSD é outra coisa. Mas isto já é um fado batido”. Pois é, pois é, Olimpio Dias. É esta a merda de democracia que todos os dias e sem o mínimo de vergonha nos serve a nossa comunicação social. Sem excepção. Pelo contrário, com mais desvergonha ainda, aquela que nos obrigam a pagar, até faz questão de requintar nesta forma asquerosa de informar.
    Já repararam com certeza mas, para aqueles que andam ou se fazem distraídos, eu pergunto se já repararm no vergonhoso caso BPN. O Oliveira e Costa é o criminoso útil que, neste caso, vai servir de “boi das piranhas”, para que o PSD e tutti quanti, atravessem mais ou menos incólumes esta turbulência.
    Sabe-se, porém, que há mais 24 arguidos pelo menos. Qual foi o orgão de comunicação que sequer nos disse os seus nomes? Que me conste, nem um. O que tem acontecido em casos anterires, dá para imaginar a gritaria que por aí andaria se se tratasse de gente do PS.
    Mas desiludam-se aqueles que pensam que, perante tal desfaçatez. o Oliveira e Costa irá “pôr a boca no trombone” e gritar: cadê os outros?!” e contar coisas!
    Desiludam-se porque isso não vai acontecer. Pelo contrário vai baixar a bolinha e evitar levantar ondas. Já lhe sopraram pela certa: vê lá como te portas! Não te esqueças que muito em breve teremos nas mãos todo o poder e naturalmente não seremos meigos com quem nos tenha “feito a cama”! Já na situação inversa… podes contar connosco. Os amigos são para as ocasiões, né?!
    Já atiraram para a malta com mais um osso para se entreter e nem sequer pensar mais na gatunagem que aquilo foi. Agora o que se vai discutir, para esquecer o resto, é se o malvado do Sócrates vai ou não dar ao Banco os 500 milhões que ele pediu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.