Perguntas simples

Isto de termos tido um Presidente da República que juntamente com a filha ganhou dinheiro através de favores concedidos por criminosos num banco criminoso, que violou o seu juramento constitucional ao lançar golpadas para manipular e perverter actos eleitorais e que andou a fugir aos impostos durante pelo menos 15 anos significa, portanto, que neste país cada um de nós à sua volta já nasceu mais de 10 vezes?

27 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Não, significa que violou o segredo de justiça e a filha do amigo vai abrir um inquérito para depois arquivar.
    Não passa pela cabeça de ninguém que ele estivesse a cometer um atentado ao Estado de Direito e menos ainda que fosse corrupto. Isso é só para o outro.

  2. quando é que o gajo se demite de ex-presidente? notícia bué oportuna, o caso já prescreveu, se fizesse mossa o público ficava caladinho. a achadeira da república ainda vai a tempo de investigar a oferta do barracão atlântico e da tsf ao genro com dinheiro do bes.

  3. A D.Maria já respondeu a essas provocações … é tudo invejas, ninguém é mais sério
    do que o Aníbal, um grande estradista a quem Portugal muito deve!!!

  4. Como milhares de portugueses fizeram o mesmo, o assunto deve morrer. Ainda me recordo de ver há anos, tantos, uns trinta anos atrás, um tipo da repartição de finanças do meu conselho recebia umas notas por baixo da mesa para avaliar bem abaixo, as moradias..

  5. O meu pai, que toda a vida foi um anti-salazarista ferrenho, já depois desse sujeito ter o cu bem assente no poder como PM, dizia ” neste País, desde o presidente da república até ao contínuo, toda a gente rouba ” .
    No léxico ( roubo ) que ele utilizava, tanto se encaixava o favorecimento próprio, o favorecimento aos amigos, como a fuga aos impostos .

  6. Aquando da campanha eleitoral que tão nefasto desfecho teve, com a eleição do busto, Defensor de Moura trouxe à baila a questão da ” permuta ” da herdade do coiso pela herdade da coisa .
    Mais tarde, já eleito, foi abordado por uma jornalista da TV e respondeu mais ao menos isto : sobre essa matéria tenho a dizer que tenho a minha situação fiscal regularizada . Eu não devo nada ao fisco.
    Mas o que a jornalista queria saber – e devia ter insistido nisso, – era isto :
    Quanto pagou de imposto ?

    Do acima exposto, resulta claríssimo que o espertinho, contornou a questão, dando uma resposta que, não sendo de todo uma inverdade, se esquiva ao essencial, que era a resposta directa ao desafio contido na pergunta, o quantum do imposto. E digo isto porque, para um leigo, que não sabe como se processam estas coisas, refiro-me às “permutas” de bens de igual valor, a afirmação ” tenho a situação regularizada “, passa facilmente a ideia de que existiu pagamento de imposto .

    Mas isto, dos profissionais das TVs e das eventuais impreparacões para os cargos, ou dos constrangimentos inerentes à função, tais como falta de liberdade de acção para fazerem as perguntas que queriam ou que se impunham, já são contas de outro rosário, e, aliás, entendo até, que vocês se deviam focar aqui no Blog, até mais no que se passa no áudio-visual, em vez de perder tanto tempo com a imprensa escrita, esta, muito pouca gente lê, ao passo que já as TVs têm larguíssimas audiências e tudo o que dizem tem muitíssimo impacto na opinião pública.

  7. O que é impressionante é como Cavaco pôde ter tanto poder, e constatar que a estrutura desse mesmo poder estará disponível para o próximo líder carismático da direita. A demissão de tantos, principalmente dentro do PS em troca de cargos e respeitabilidade institucional, deu lugar ao maior truque de prestidigitação desde o 25 Abril. Acusar uma só pessoa pelos males do País com processos intermináveis para que o foco incidisse somente nesse lado do palco enquanto os media e a maior parte do poder judicial e institucional encobriam as falcatruas da direita.
    Na última homenagem a Soares, conseguiu ter-se um vislumbre do quadro. A sua amizade com Balsemão foi funesta e propiciadora da prestidigitação, mas ao seu lado estava o neto com uma Tshirt a dizer que” a lei era para se infringir” (não textual) e do outro lado Costa ao lado de Balsemão num institucionalismo que não arrisca um pelo, sempre dentro do guião e da zona de conforto. Saudades do Futuro.

  8. Esta questão das casas de CSilva é um excelente exemplo da “atenção selectiva” que a comunicação social dedica ao escrutínio dos políticos. Fala-se dos valores envolvidos, dos impostos pagos ou por pagar, mas pouco no embuste .

    A alegada permuta da Mariani pela Gaivota foi um embuste. O projecto da nova casa foi encomendado pelo casal Silva, as obras acompanhadas por eles, era com eles que os arquitectos reuniam em obra, vários trabalhos complementares ( piscina, jardim….) adjudicados paralelamente por eles, mas facturados ( mas apenas o que tinha de ser facturado…) à empresa que iria posteriormente assumir a “permuta”. Não seria muito complicado falar com quem projectou e executou as obras para perceber quem era o “mandante”.

    Quando tantos se ocupam tanto em avaliações de carácter, causa realmente alguma estranheza que elas descaiam sempre para o lado dos mesmos.

  9. esta noticia é o exemplo flagrante da demagogia instalada, particularmente visivel e verificável em 90 % da comunicação social; o exercicio simples de trocar o nome de cavaco pelo de Sócrates dá para imaginar os kgs de papel a imprimir sobre o assunto…

  10. estava aliás mais do que na hora de alguem investigar o porque da pequenez de alguns dos nossos comentadores com o seu ódio de estimação sempre focado no mesmo personagem…o caso do (literalmente) pequeno jose gomes ferreira, do não tão pequeno mas ainda mais ranhoso joao miguel tavares …afinal,o que os move ?? porque a obsessão raia a doença !!

  11. dass… que o gajo é mesmo burro, agora a culpa é dos jornalistas e do blog, quando a culpa das informações prestadas, ler: CRIME DE FALSAS DECLARAÇÕES, foi da responsabilidade do ex-presidôncio com a cobertura, ler: CONIVÊNCIA, das finanças e tribunais fiscais que impediram o acesso da comunicação social às avaliações. é revisitar as listas vip do abrenúncio e mandar prender todos os intervenientes, passivos e activos. tás a ler isto, ò vidaleira?

  12. Lançar-lhe o Juiz Teixeira à perna, é pouco!

    Mandá-lo para Évora ainda é pouco!

    No mínimo para a Carregueira!

  13. ja tivemos um ex primeiro ministro que:
    1º- abandonou portugal quando ele mais precisava
    2º- foi para a união europeia para um “taxo” melhor
    3º- quer agora ir trabalhar para o inimigo,
    quem é, quem é?

  14. Maria de Sempre
    1 DE OUTUBRO DE 2016 ÀS 22:56
    Corecção: Concelho. Desculpem.

    Não é nada, Maria de Sempre.
    Nada como vincar as distâncias porque no Aspirina B continuará a existir apenas um Ignatz, o analfabeto.

  15. este é um post distópico sobre a presidência da escroque hillary. faz bem o dr. valerico em visionar e colocar as questões corretamente.

  16. O mexilhão é que se lixa. Não tem dinheiro e se quer ter casa própria, tem tem que declarar o valor de compra porque pediu dinheiro ao banco. O rico não precisa de pedir dinheiro, compra a pronto e negoceia a seu bel-prazer o preço com o construtor. Venham depois as Finanças a atribuir um valor.Digam-me agora quantos endinheirados declaram o valor real? No caso o Ex questiono – porque não perguntar aos ex avaliadores se a configuração do imóvel era a mesma do ano anterior? Então a causa ou causas desta última avaliação?

  17. Re: preopinante audi-visual, aka, ignatz, também um outro agasalho ou manta de Valupi

    O calhordas ignora que o sigilo fiscal e o dever de segredo profissional impede o fisco de prestar informações sobre dados de outrém, e o burro sou eu .

  18. poizé, ò bardamerda. sigilo fiscal e escutas telefónicas só em casos excepcionais e devidamente autorizados é que servem para condenar em tribunal. deve ser por isso que os processos estão cheios delas e como não vão a lado nenhum vendem-nas à comunicação social, sempre fazem uns extras para a marisqueira.

  19. O arruaceiro de merda, diz lá mais para cima, que há encobrimento e conivências, e que por causa disso, é que nada se sabe . Agora, muda a agulha, e afirma que há, e cito, ” venda ” à comunicação social.
    Em que ficámos ? Num risoto de brócolos ignatziano …
    Na realidade, sabe-se . Ou vai-se sabendo .

    Em matéria de escândalos, o que se vai sabendo, é, quase sempre, pela comunicação social ( que neste sítio é quase sempre, acusada, de vendida, e caluniadora ) .
    E uma vez que aos envolvidos e beneficiários, interessa que nada se saiba, só pode ser através da bufaria e de métodos pidescos, que tanto dizes abominar .

  20. ò idiota inú~, para que é que o núncio fez uma lista vip? para protecção fiscal do cavacal, tá bom de ver. as declarações fiscais dos outros são maquilhadas a gosto e publicadas nas páginas do manhólas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.