23 thoughts on “Passos na sua finest hour”

  1. Quem canta a Vila Morena naquela cena é tão triste e tão pobre de espírito como os estivadores que também a cantam.

    E como aqueles cabelos brancos que sobem e descem a Avenida 2 vezes por ano a mando do PCP, cantando a Grândola, tambem perderam toda a imaginação e inspiração.

    É que os tempos que inspiraram Zeca acabaram e não voltam mais.

    Queriam que voltassem mais não volta mais não, que o 25 de Abril acabou com aqueles tempos inspiradores.

    Arranjem outra que essa não pega mais!

  2. O Canto da Grândola na Assambleia da República, pegou nas redes sociais e ainda também na prensa escrita e muito na blogosfera. Os comentarios foram muitos, sob de tudo em Madrid, e eram de verdadeira emoção, coisa que a mim obviamente ainda me emocionaram mais.
    Na Galiza por craras rações, a mais importante é adoração por tudo o que esteja relacionado com o Zeca, Abril, e a Grândola . A ainda andamos a dizer com orgulho que onde primeiro se escutou a Canção cantada pelo Zeca foi num concerto na Universidade de Santiago amtes de ser cantada em Portugal. Também gostou a forma em que se produz a intervenção : a atitude de Passos, a da presidenta do parlamento e a dignidade e comportamento dos cantores.
    No Parlamento da Galiza e no espanhol (onde chefiam os primos espanhois de Passos) tem havido muitos berros e empurrões nas gradas e nervos pela presidenta do Parlamento da Galiza que chegou a prohibir à emtrada de visitantes.
    O Grândola não resolve nada, sim.Mas as pessoas gostam de pequenos sinos para trasmitirem uma mensajem ou protesto e que estejam cheios de contido. Os tempos não voltarão igual, nem o Zeca, mas um canto assim num sitio assim não diz nada ou diz tudo o que escuta quisser semtir. A hestoria chega-nos em muitos casos o traverso de figuras cheias de padeiras de Aljubarrota, de navegantes, de alcaldes de Móstoles, de irmandinhos revoltos na Galiza etc.
    Na Espanha, alguns espanhois pelo menos , semte admiração por um povo que tumbou uma ditadura e que todo escomenzou cantando uma canção. Simples sim, mas um sonho mais pra ir andando e adiando esta longa noite de pedra.

  3. oh reis! o passos só não trauteou a grândola vila morena na assembleia com receio da miss estebes o mandar evacuar, vergonha & lata para usurpar símbolos ou adulterar significados não lhes falta. o padrinho angelo diz amiúde nas tvs que é fã do sérgio godinho, sabe as letras todas e se for preciso enxerta uns versos do gajo a despropósito da subida da taxa de desemprego. essas visões românticas que tens das revoluções já não se usam e as revoluções não se fazem a cantar.

  4. Quando ouvi(ra)mos o Zeca no tempo da PIDE e de adrenalina, era um caso, hoje é outro caso.

    Agora é saudosismo, romantismo e falta de ideias, entoar a Grândola, a não ser para ouvir arte.

    Grândola Vila Morena já é posterior à cadeira do Salazar, este já não ouviu, portanto já foi Marcelo que levou com Zeca, e o MFA.

    Um caso é um caso. outro caso é outro caso.

  5. Nada mais simbólico para representar a nossa história política recente,
    o resultado da luta da “verdadeira” esquerda é a promoção da direita.
    Não desfazendo, esta direção do PS também é um miminho.

  6. Ignatz

    Como se fazem as revoluções? cuidado com o que dizes!
    Mais ainda, vai chamar betinho de dr a quem te fez as orelhas!

  7. oh enchedor de xóriços que te dizes amadorense e não reages ou tampouco pestanejas quando o jafonso, que presumo ser profissional da amadora & outro sítios, fala dos locais por onde passaram os homens da amadora. eu, que não sou de lá e só frequentei a estrada de sintra quando tinha almoços de negócios no david da buraca, só posso deduzir que não conheces, entre coisas várias, a amadora ou que tens uma visão bétinha do passado e beta do futuro. cumprimentos ao teu amigo pimp de massamá, ganda frequentador da route 19 na versão com batedor e chega pra lá.

  8. Ignatz

    Vivi lá desde 1971 até 1995. Tens la noçao do que falas. Todos os sitios que o jafonso falou, passei por lá. Esqueceu-se de referir a Florença. Ele deve ser mais velho que eu uns 10 anos, por isso vivemos esses sitios com uma intensidade e de forma diferente.
    Te digo mais, tu com a tua mania que és chico esperto e com a tua falta de respeito pelos outros, mas que nao passas de um tótó, na Amadora não te safavas.

  9. Ignataz
    “Essas visões românticas que tens das revoluções já não se usam e as revoluções não se fazem a cantar”.

    Concordo. Tal vez exprimi mal o me pensamento. Acho que quando há uma revolução os que estão a fazê-la não são cientes do que estão á fazer. Eu numca fez nenhuma. Seguro que são feitas com dor, con medo e mais dor. A canção é uma mais das expresões para a moviliçação colectiva. Não está nada mal uma canção que serve para berrar juntos “que o povo é quem mais ordena”, ainda que o povo não ordena nada, mas oxala ordenasse mais, não sim?.
    Reaça: concordo, cada tempo é cada tempo, sim, mas a hestoria existe e dela aprende-se.
    Nuno cm. Obrigado a ti.

  10. vi logo que conhecias o que jafaonso falou e mais uns trocados, fora intensidades, usos & costumes da amadora e outra problemática relacionada com um atraso de 10 anos do parafuso horário motivada pela inclinação do meridiano (não vai itálico por falta de conhecimentos de html). quem é que te disse que tenho falta de xicoexpertise e de respeito pelos outros para não me safar na amadora? presunções de bétinho cds/ppd com medo que a yamaha se transforme em abóbora à 1/2 noite, só pode. andas atrasado e a reboque dum combóio que já descarrilou à bués, mas que te mantém ocupado a alterar as previsões para ontém em função da realidade de hoje.

  11. Ignatz

    És um um tipo cheio de preconceitos. Agora não sei se o meu comboio já descarrilou. O que eu sei é que o teu descarrilou no dia 5 de Junho de 2011 e dificilmente voltara a andar. Tem juizo rapazinho que nao sabes com quem te estas a meter.
    Aconselho-te a ler a entrevista que o pai da Isabel Moreira deu ao Jornal de Negocios fim-de-semana. Aproveita para te cultivares um bocadinho e nao dizeres tantos disparates.
    Abraço,

  12. Reis

    Concordo contigo sobre o que pensas das revoluções. Quem fala que deve haver uma nova revolução e guerra civil, nao sabe o que esta a dizer. Só uns tótós, como alguns que escrevem aqui uns posts neste blog, é que pensam assim.
    És um tipo porreiro Reis, vai-te mantendo no blog!

    abraço

  13. “Tem juizo rapazinho que nao sabes com quem te estas a meter.”

    a última vez que ouvi isso foi nda boca dum pide. não me digas que és filho dele.

  14. “… o teu descarrilou no dia 5 de Junho de 2011 e dificilmente voltara a andar.”

    foi sabotagem dos máquinistas da(o) (p)cp, nada que não se resolva na próxima viagem eleitoral

  15. Ignatz

    Amigo, sou filho de um coronel para-quedista que muito me orgulho! Ontem,tu é que foste acusado de teres sido da PIDE! hehehehhe

    Ignatz estou a ver que ja es VCC! Mas com o teu discurso fazia-te mais jovem. Pensava que eras ali da Zona J. Ainda por cima, ficas cheio de ciumes e falas por ela quando me refiro à Isabel. Es danadinho para a brincadeira! hehheheheh

  16. Ó Ignatz quem te ameace com o pai da Isabel Moreira, diz-lhe que estou aqui para meter uma cunha ao senhor Adriano Moreira.

    E conheço o antigo Ministro do Ultramar, porque fiz sargento da guarda ao Palácio do Governador de Angola quando ele lá foi a mando do Santancombadense, e formei a Guarda quando quando ele entrou no palácio.

    De maneira que a gente se conhece, conta comigo.

    Mas nem por conhecer o ex-Ministro sou mais culto.

    Ignatz, não leias o tal jornal de Negócios que te aconselham, por uma questão ecológica, é papel a mais.

  17. Reaça / Ignatz

    Já estou como o El Comandante Chavez, quando confundiu o Pinho com o Lino

    Reaça Ignatz e Ignatz Reaça é tudo a mesma coisa!

  18. olha lá oh bimbo amadora e profissional de mercados do milho! watch one’s step, o pai da moça não é para aqui chamado. tou-me cagando para a profissão e patente do teu pai. quanto a ciúmes quando te referes à isabel e zona j, só revelam a tua perspacácia e familiaridade com os mercados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.