19 thoughts on “Passos Coelho by Miró”

  1. (Bem, com foto e tudo. Só luxos. Vida de rico é outra coisa. Ainda te abalanças e compras os Miró. Dizem que o tipo, como pintor, é bom)

  2. Estou satisfeito por Miró, no esplendor das suas cores, vir à cabeça do Aspirina. É um (re)galo para os olhos. Digo mesmo, já não era sem tempo,
    embora este galo de Miró não merecesse passar por Coelho.

    Agora que temos um presidente da República que adora Miró, mas não se envolve no assunto porque o grande artista se tornou arma de arremesso partidário, podemos compreender que o sonso não reivindique informação privilegiada sobre o assunto. Foge-lhe a 7 pés, como foge de tudo o que os seus amigos do BPN fizeram à Nação.

    No meio desta novela, em que ninguém sabe quem mente e porque mente, quem omite e porque omite, restam as extraordinárias revelações e desconfianças de Manuel Castro Nunes. E a vergonhosa desresponsabilização dos media.

    http://transparente.blogs.sapo.pt/os-miros-num-vale-tenebroso-19462

  3. morais sarmento no comentario da tv,referindo-se ao quadros de miró diz: “vender ou não vender, não pode dizer nada,pois não é especialista.que desculpa meu deus.isto de trabalhar na area juridica para o governo tornou-o refem.porca miseria!

  4. Provérbio Klingon, dedicado ao Dux Passos Coelho (e a outros praxistas célebres):

    qoH vuvbe’ SuS
    “O vento não respeita um tolo.”

    Eis o provérbio Klingon mais conhecido, mas que nunca veremos sair da boca de um praxista:

    Heghlu’meH QaQ jajvam
    “Hoje talvez seja um bom dia para [eu] morrer.”

    Os outros provérbios podem-se ler em:
    http://en.wikiquote.org/wiki/Klingon_proverbs

  5. Surpresa? Surpresa tive eu quando aqui cheguei. Já não se pode emigrar por uns dias que se volta a casa e até o portão mudaram.

  6. (e há aqui um bug do caraças, avisam que não publicam email mas depois chapam com a foto da conta do Google+…. ai, ai….)

  7. é tudo alegria, Manolo, e está tudo ligadin: o Eusébio é a alegria do golo; a coadopção é a alegayria; as praxes – a alegria dos abutres e Miró, ai o Miró!, é a fuga para a alegria. :-)

  8. Pois é! no seguimento do que escreve Roteia: o residente no palácio ADORA o pintor Miró (talvez nunca tenha ouvido falar dele, antes), mas não comenta, não sabe , não diz, nem quer ouvir falar. Pudera! Miró tem cheiro a BPN, cheiro que tresanda…

  9. Edie, andei por aí, assim tipo filha pródiga, mas é bom regressar aonde nos sentimos bem e esta também é, um bocadinho, a minha casa.

  10. claro que é!! Já tinha saudades de ter alguém com quem matar saudades e com quem valesse a pena discordar. Deixei lá à frente a minha opinião, que vai para lá do Virgílio e chega até ao Clemente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.