13 thoughts on “Paradoxalmente, esta notícia ajuda-nos a dar sentido à vida”

  1. um país de 300 milhões de cidadãos, o maior armamento nuclear do mundo, taxas de criminalidade galopantes nos últimos anos, fluxos de droga abundantes, metanfetaminas, muita droga como se lê na notícia, liberalizem-na toda, a droguinha boa e culpem as armas, pois claro, há que agradar a essa escumalha criminosa chamada hillary, aos “democratas” e a todo o establishment informativo neoliberal que suporta a escumalha clinton. aqui no aspirina estas notícias dão mais sentido à vida e ao voto na hillary, pois claro.

  2. Yo, isso mesmo.
    Dar este tipo de notícia desta forma só serve a causa do mimetismo.
    É mais que sabido que a divulgação massiva deste tipo de horrores faz com que paranóicos saiam do armário dizendo “há tanta gente a cometer estes atos que se calhar até são coisas normais”…

  3. Esta notícia fala-nos, superficialmente, de um episódio de violência e assassinato que surpreende pelo grau de violência e pelo absurdo das circunstâncias relatadas. A parte em que o relaciono com o sentido da vida vem precisamente desse elemento de absurdo (a mãe que conhece o assassino pela Internet um mês antes, a prima deste que é cúmplice activa dos crimes, a vítima de 10 anos de idade), o qual me leva para a contemplação imaginária das histórias de vida de todos os envolvidos e do que poderia ter sido feito ao longo desse tempo para evitar o que aconteceu.

    Qual é a relação disto com o CM?

  4. A parte que tem a ver com o CM é teres escolhido um episodio espectacular de violencia&sexo (so faltou mesmo uma referência ao socrates) para chegares ao “absurdo” a partir do qual achaste interessante elaborar o teu “raciocinio”, quando podias ter tido exactamente a mesma “contemplação imaginaria” a partir de outras noticias, tipo “o meu cão saiu à chuva e molhou-se”, ou “o défice da balança externa do equador aumentou em razão da queda do preço da banana”.

    Boas

  5. Infelizmente esta história tem um potencial enorme e é muito possível que passe a série ou filme. Esperemos que caia em boas mãos. Um post cheio de compaixão à procura de um happy ending.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.