Os lumpencaluniadores

Que se passa com a Joana Amaral Dias? Com um percurso político a lembrar Zita Seabra (esta saltando do PCP para o PSD e aquela do BE para o que calhar) e com uma alteração radical no seu simbolismo público também analogamente simétrico (a comunista retinta e heróica é agora uma devota de Fátima e a psicóloga assertiva e defensora de uma esquerda avançada é agora uma estrelita do Instagram para poder vender erotismo apolitizado e convencionalmente machista à indústria cor-de-rosa, a que junta o papel de vedeta na indústria da calúnia) a nova fase da sua carreira como celebridade deixa-nos confusos e alarmados. Andam a pôr algo marado na água dos ícones femininos da esquerda.

Veja-se este número circense abaixo. Um completo taralhouco entrevista a senhora e, a propósito de Vara, faz um pedido para que se exerça violência física sobre um dado cidadão pela simples razão de ainda continuar a desfrutar do seu estatuto de inocente e respectiva liberdade. Como reage a ex-deputada? Como se não tivesse ouvido o apelo ao linchamento, até alimentando o intoxicação emocional do taralhouco ao validar a sua pulsão criminosa. Acontece que o taralhouco não percebe nada de nadinha de nada do que se passou e está a passar com Vara, a começar pelo que esteve na origem da sua condenação e a terminar no modo como em Portugal se faz cumprir a Constituição e o Código Penal. Não admira, portanto, que o taralhouco seja um apaixonado fã de Joana Marques Vidal, estando em campanha para a sua recondução no cargo. Ele imagina que só assim conseguirá assistir ao definhamento de Vara na choça durante décadas à pala das migalhas supostas num crime de “tráfico de influência” com um sucateiro que o Ministério Público alega ter sido cometido sem ter disso prova directa.

O que se exibe no vídeo abaixo apenas difere em grau de obscenidade e grunhice do que vemos diariamente na “comunicação social de prestígio” e no “jornalismo de referência”. Quanto ao efeito pretendido, este taralhouco apoiado pela Amaral Dias e os caluniadores profissionais apoiados pelas respectivas direcções de imprensa onde calhem ganhar o pão (sejam jornais, televisões ou rádios) procuram exactamente o mesmo: audiências cívica e intelectualmente miseráveis, onde o sensacionalismo, a demagogia e o populismo mediático antipolíticos, antibanqueiros e anti-elites lhes continuem a garantir mercado para as suas marcas. E por que é que isto nos faz mal como comunidade? Se não conseguirmos responder, eles agradecem.

NÓS E A JOANA

NÓS E A JOANA Com Joana Amaral Dias Temas para apresentação e debate com a comunidade: 1. Governo esconde lista de Políticos a quem foram atribuídas Subvenções Vitalícias 2. Caso Vara, e seus correligionários de crime (Ricardo Salgado, Oliveira e Costa, entre outros) 3. O que motivará o governo na não recondução de Joana Marques Vidal Tema surpresa, caso haja tempo. Data: Quarta-feira dia 12 de Setembro de 2018 Hora de Início: 21H30 de Lisboa Hora de Fim: 22H15 de Lisboa NÃO PERCA! :) PARTILHE!

Publicado por queroemigrar.com em Quarta-feira, 12 de Setembro de 2018

.
.

3 thoughts on “Os lumpencaluniadores”

  1. Trata-se de uma modesta contribuição para a campanha pró Joana, visando
    a sua recondução na PGR! Apesar da apreciação da Relação, o julgamento
    do caso conhecido como “a outra face”, foi uma vergonha para a Justiça pois,
    foram condenações para dar satisfação às campanhas dos pasquins na forma-
    tação da cabacinhas mais leves! Como diz sem provas baseado nas convicções
    da acusação recebida por osmose pelos juízes que apreciaram e promoveram
    as pesadas condenações!
    Ainda ontem na RTP3 se viu uma descarada companha pela recondução da
    PGR, com uma leveza extraordinária vimos um famoso advogado, passar por
    todos os atropelos praticados como se os fins justificassem os meios!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.