6 thoughts on “O DN inventou uma nova forma de dar notícias”

  1. Talvez seja o conceito NBBP : Notícias Boas Bem a Propósito, também conhecido como, não bate a bota com a perdigota .

  2. Com o crime cometido esta semana fica finalmente estabelecido o criminal mix português, os 4 P’s:
    Passos
    Portas
    Palito
    Piloto
    Kotler deve estar orgulhoso, que diabo!

  3. O PC esta preocupado com a debandada dos jovens do partido em favor das redes sociais. Na sua origem está a confusão doutrinaria entre sociedade sem classes e sociedade sem classe. Os estudiosos do partido culpam Marx, já que este não conseguiu prever que a caminhada para a “sociedade sem classes” fosse afectada pela teoria da evolução. E que no caso português perdeu a cauda (o “s” final) pela especificidade da pratica do lambe cus como factor igualitario.

  4. A propósito do “crime de Aguiar da Beira” é de mim ou a investigação criminal está a dar por garantido uma coisa que está longe de o ser.
    Só porque no local aparece uma carteira com os documentos de alguém …é esse alguém o criminoso ?
    E se o “criminoso” for mais uma vítima ? e se o tipo que deixou para trás a carteira tiver sido raptado, ou assassinado, e se o corpo vier (ou não vier) a ser encontrado algures ?
    Como é que fica a cara da investigação criminal ?
    Será como daquela vez que o rapaz que matou a tia e foi para o chilindró 2 anos … e depois afinal quem tinha matado a tia tinha sido outro ?
    É pá, ….

  5. Cá por mim o caso ficava resolvido aplicando o novo mix criminal, e logo no primeiro P: Se é Aguiar é Branco até porque o tinto não se dá bem por aquelas paragens.

    Caso seja o Piloto e tenha fugido para Espanha o mais certo é estar na Penha de Francia(um santuario cristão que segundo se cre deu nome a freguesia lisboeta) ali a derecha de Ciudad Rodrigo e ao pé da aldeia medieval de La Alberca. Os nomes não mentem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.