13 thoughts on “Ideias de Passos que podem ser aproveitadas por Costa”

  1. Que figuras, que posts da tanga (e tangas, também), que asteriscos e rasuras e que ocasiões, Valupi.
    (aqui e ali ao lado)

    Expresso | Sondagem: PS e PSD quase empatados, Costa o mais popular 08/01/2016
    (prosa de MARTIM SILVA e BERNARDO FERRÃO)
    Expresso | Sondagem: Catarina Martins continua em alta 12/02/2016
    Expresso | Sondagem. Três meses depois, o PS descola do PSD 11/03/2016
    Expresso | Sondagem: PS desce mas Costa sobe. E muito 15/04/2016
    Expresso | Sondagem: subida ligeira do PS, CDU e PAN 13/05/2016
    Expresso | Sondagem: PS, PSD e BE sobem, Governo desce 09/06/2016
    (prosa de RAQUEL ALBUQUERQUE)
    Expresso | Sondagem: PSD com a maior subida desde que está na oposição 08/07/2016
    (lembro-me de ver este artigo da RAQUEL ALBUQUERQUE que, como se percebe hoje, era um sintoma de alguma enfermidade ocular espero que passageira/o)
    Expresso | Sondagem: PS e BE à beira da maioria absoluta 05/08/2016
    Expresso | Sondagem: PS alarga vantagem sobre PSD 16/09/2016

    Sondagem: PS no máximo e PSD no mínimo desde novembro – Expresso
    http://expresso.sapo.pt/politica/2016-10-14-Sondagem-PS-no-maximo-e-PSD-no-minimo-desde-novembro

    14/10/2016, ontem (os artigos são quase sempre assinados pela CF, pode ser útil ver o filme em retrospectiva e , para isso, usar o Google).

  2. não percas, este fim-de-semana, na cinemateca: ciclo de cinema espesso dedicado ao tema sondagens & furos artesianos. não te esqueças de levar uns ólicos google para não perderes os pormenores da tanga e dos asterixes.

    Expresso | Sondagem: PS e PSD quase empatados, Costa o mais popular 08/01/2016
    (prosa de MARTIM SILVA e BERNARDO FERRÃO)
    Expresso | Sondagem: Catarina Martins continua em alta 12/02/2016
    Expresso | Sondagem. Três meses depois, o PS descola do PSD 11/03/2016
    Expresso | Sondagem: PS desce mas Costa sobe. E muito 15/04/2016
    Expresso | Sondagem: subida ligeira do PS, CDU e PAN 13/05/2016
    Expresso | Sondagem: PS, PSD e BE sobem, Governo desce 09/06/2016
    (prosa de RAQUEL ALBUQUERQUE)
    Expresso | Sondagem: PSD com a maior subida desde que está na oposição 08/07/2016
    (lembro-me de ver este artigo da RAQUEL ALBUQUERQUE que, como se percebe hoje, era um sintoma de alguma enfermidade ocular espero que passageira/o)
    Expresso | Sondagem: PS e BE à beira da maioria absoluta 05/08/2016
    Expresso | Sondagem: PS alarga vantagem sobre PSD 16/09/2016

    xau e vai pró caralho mais a merda que postas… bostas… ou lá o que cheira.

  3. O Costa não precisa de ideias de Passos nem de qualquer português “deste” Portugal que vai do Minho ao Algarve.

    Costa é uma coisa, o PS é outra coisa … e outra coisa é outra coisa!

  4. [Mais um post fodido, senhores.]

    Valupi, desculpa mas não me lembrei do Ignatz que, nos dias que vão correndo, é o teu único amor (?) para o melhor e o pior, na riqueza e na pobreza, na doença e na saúde, para amar-te e honrar-te, até que a morte vos separe, segundo a santa lei de Deus. A ele que te é sentimentalmente canino e que é o mais fiel dos teus criados assim se resume, para mim, o que penso sobre o teu alter-ego Ignatz, o cobardolas. E que saiu mais uma vez a terreiro para apanhar as dores alheias aquando das tuas tristes figuras registado num breve comentário que aqui fiz sobre o inusitado obituário rasurado-e-manhosamente-asteriscado que postastes ali ao lado (acho que nunca vi nada assim, confesso…). Ora, e por isso me desculpo, deveria ter sempre presente que o bichano tem a idade mental de 12 anos (e um amor assim canino, cobardolas e retardado são características fundamentais para um dia se traçar um perfil sobre a sua psi).

    Mas aqui vai, embora atrasado: https://www.youtube.com/watch?v=BoGTRbVMG2o

    Nota, politicamente importante. As reacções na blogosfera à morte de José Lello, de que se destaca a tua atrapalhação, o que se disse nas redes e a quase ausência de “movimento” na sua página do Twitter são provas cabais do que eu escrevi algures no Aspirina B sobre os delírios do José Sócrates pós-PM quando se procura perceber qual é hoje o seu “peso específico” na política portuguesa (apesar do “efeito Tony Carreira”, de que se destacam imageticamente as loiras platinadas que se vêem durante as suas tournées evangélicas): «também não vejo esses “muitos camaradas e amigos”, recomendáveis, que citas e que estejam disponíveis não para jantares mas para a guerra». Idem, sintetizado a posteriori: «é diferente estar num jantar do que ir para a guerra, com um general sob a espada de um processo judicial e com gente recomendável». É duro reconhecê-lo, mas é a verdade.

  5. Diz-nos, Ignatz, recorre à tua cabecinha de um homúnculo retardado com 12 anos de idade e expressa-te na tua prosa alcoolizada aparentemente gizada numa qualquer taberna familiar:

    – Ama-lo assim mesmo tão desvairadamente (a lembrar o Godard mas sem a Bardot!…), numa sugestão homo, lânguida e decadente, ou esses são gestos impulsivos duma inconsciente gratidão porque, no Aspirina B, te dão um pouco de atenção? Ou falas em nome de quem?

    Nota. E bulir, …?

  6. a virgindade do calvin

    hoje reparei pela primeira vez no
    rabinho pequeno do calvin e uma
    turva ternura apoderou-se de mim. seguramente
    o rabinho pequeno do calvin sempre ali esteve, tão
    ingénuo, nas tiras diárias do jornal, mas eu nunca o
    vira, senão hoje

    e emocionei-me

    agora, não tenho dúvida, vou
    encontrar naquela página, todos os dias,
    o medo de que a vida desmorone misturado
    com o sorriso tão desejado de
    ser de novo um pouco ingénuo e quase feliz

    nota. e se fosses apanhar na peida, …?

  7. Que perigosamente decadente, vírgula bem e assim escreve. Defeitos, e provas de um eventual crime público: escreve como a f. (e, se a ideia era compromete-la, poderá ter conseguido) mas atenção porque, aparentemente, padece de um tipo particular de distúrbio sexual com menores (não sou psi para compreender essa “fixação” na personagem de um miúdo, mas parece-me que não estaremos já na presença de um alter-ego-carrascão mas de alguém que padece de uma forma de Transtorno Dissociativo de Identidade). TDI segundo a vulgata, e aparentemente é preciso dizer que a personagem do Calvin é… um miúdo.

    «Calvin é um garoto de seis anos de idade cheio de personalidade, que tem como companheiro Hobbes, um tigre sábio e sardónico, que para ele está tão vivo como um amigo verdadeiro, mas para os outros não é mais que um tigre de peluche/pelúcia. De acordo com algumas visões, as fantasias mirabolantes de Calvin constituem frequentemente uma fuga à cruel realidade do mundo moderno para a personagem e uma oportunidade de explorar a natureza humana para Bill Watterson.»

    Nota. Valupi, que aqui és o CEO, uma perguntazinha: esta propaganda predatória no Aspirina B preocupa-te de alguma maneira ou para ti é igual?
    (ou silenciarás? ou será que usarás mais uma vez o clássico: Eric, de que falas?)

  8. chiça que és burro e especialista na arte de tresler. agora queres proibir o valter hugo boss? vai, corre para achadeira-mor, apresenta queixa do gajo e arrola o tóino botto de testemunha.

  9. O teu Aspirina B perdida a vergonha e a rasgada, por fim, a bandeira do José Sócrates agora é um blogue de pedofilia e de contínua ordinarice, Valupi?

    Nota. Valupi, que aqui és o CEO, uma perguntazinha: esta propaganda predatória no Aspirina B preocupa-te de alguma maneira ou para ti é igual?
    (ou silenciarás? ou será que usarás mais uma vez o clássico: Eric, de que falas?)

  10. Mas estes gajos estão todos doidos, caralho? Esta sofreguidão, esta ânsia, esta sede. O que é que eles pensam que ganham? Estes Erics, os (aquele maluco com avatar de jesus, de quem não me lembro do nome, mas que espumava com o sócrates e com o valupi), o outro animal do fado que só teve gás até às eleições… mas vêm para aqui fazer o quê? Querem fazer-se ouvir? Então vão gritar para a rua. Foda-se. Ainda se dissessem alguma coisa de jeito. É que a única coisa que fica dos vossos posts é a distinta sensação de vergonha alheia e a triste constatação de que, realmente, não admira que o cavaco tivesse ganho 4 eleições.

  11. Estes Erics (?) sou eu e respondo por mim, rapaz.
    (para lá dessa prosa confusa, Cavaco? espuma?, que te perturba no assunto se aparentemente não és tido nem achado? Ou és parte do Transtorno Dissociativo de Identidade?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.