3 thoughts on “Notícias da década perdida”

  1. é verdade ,quem diria. aproveito a oportunidade para dar numeros a quem não comprou a visaõ historia.para vermos porque abril rompeu! aqui vai o nosso retrato do antes:como eramos em 1973:taxa de semprego 2.7%, taxa de inflaçao 13.1%,o.3 do pib era gasto com a saude,turistas recebidos 2323mil,emigrantes 129732,populaçao estrangeira a residir no pais28 mil.reparem neste numero: importaçoes 74776, exportaçoes 45410 (em milhares de contos.o problema já vem de longe.)continuemos populaçao activa: industria transformadora1009 mil, agricultura 966 mil, comercio,377mil serviços 357 mil, administraçao e defesa 156mil, transportes e comunicaçoes147mil, pescas 37 mil,industria extrativa 12 mil, total: 3060 mil. outros numeros: havia 86 pensionistas por cada 1000 habitantes,pensaõ media mensal= € 3.3 a preços de hoje corresponderia a 98 euros. havia cerca de 32 mil barracasou alojamentos precarios,nos quais viviam120 mil pessoas, dos alojamentos familiares em 1970, 53% não tinham agua canalizada,68% não tinham duche /banho,42% não tinham instalaçoes sanitarias,36% não tinham electricidade,6% não tinham cozinha,40% não tinham esgoto,residencias secundarias 76mil em 1970.estaçoes de correios12164, 675mil telefones,948mil AUTOMOVEIS,e os caminhos de ferro transportavam 166milhoes de passageiros. outros numeros importantes: 35,2 % não tinham completado qualquer nivel de ensino. 0.9 da populaçao completou o ensino superior- 8 mulheres e 52 homens, 84% estavam inscritas 84% das crianças com idade para frequentar o 1.ciclo,24% para o 2. cicloe 17% para frequentar o 3 ciclo.havia 63 mil professores do pre- primario até ao secundario,a maioria trabalhava no 1.ciclo.idade media das mães 24.2, no 1. filho,numero medio de filhos por mulher 2.8 só 37% dos 176008 nascimentos ocorreram em estabelecimentos de saude,taxa de mortalidade infantil reparem neste numero= 45%,taxa de mortalidade materna o.73% , havia 94 medicose 160 emfermeiros,por 100 mil habitantes. esperança de vida: mulheres70.2 e homens,64.5.por ultimo: populaçao residente= 8.630.000 -mulheres 4.569.000 homens 4.061.000.vale a pena comprar esta visaõ,pois faz um pouco da historia de abril até aos dias de hoje.quem critica o dinheiro que se gastou por estes numeros mostram que saõ injustos.um numero que não apareceu.auto-estradas 20 km lisboa/ vila franca se não estou enganado.espero que estes numeros suscitem algum debate.

  2. Só é pena a factura da EDP ter, entretanto, aumentado mais de 20% para, entre outras coisas, pagarmos a energia renovável implementada pela mesma EDP, que dá bónus de 3 milhões de euros ao CEO mais bem pago de Portugal. Não percebes mesmo nada de (si) energias…

  3. pois , é pena é haver já tanta tanta pessoa que não consegue pagar as contas da edp mais o item “custos económicos de interesse geral ” , que são mais bem do interesse de alguns espertalhaços …mais valia continuarmos dependentes , talvez a electricidade não se tivesse transformado num luxo . rendas excessivas ? aquelas que os homens de negro dizem que têm de acabar , mas nada , continuam aí a “renovar” a conta de um bem essencial ? não ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.