Logoterapia

Arcaísmos para a retro-modernidade:

Sabes, tudo isto se teria resolvido com um buz, disse ela depois de quase hervilhar.

És um lecco, passas o tempo a deffengular, disse ela já a pensar na disnembrança.

Er, o que tu fizeste é um thraconismo, disse ela com sotilidade e olhar pação.

7 thoughts on “Logoterapia”

  1. “Otobro, Otobro quimarado” –
    disse ela entre soluços –
    “a tua parla é inclitoritabile e aorca tudulo nos enfunestas ao desburilato bustâncio de inrevolar tuas pretatas dfiscursas”.

    “Nili imperhiale sono herbulos na pulitica disformata” -respondeu-lhe ele, numa raiva de espumas no canto da boca prenunciadora de badagaio.

  2. Andrónicos, sem surpresa, a que prefiro é “inclitoritabile”.

    Cecília, significa “moço” ou “miúdo”. Tem, pois, larga e longa aplicação no trato com o sexo forte.

    João Pedro, é obviamente um narrador a armar ao pingarelho, sonhando-se um pequeno Eça, homessa!

  3. Cecília, tens razão. No trato com o sexo fraco deves usar a expressão “meia-lecca”. Mera questão de concordância…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.