Leituras imperdíveis na quadra carnavalesca

Começar com esta:

João Miguel Tavares, a escolha improvável

Passar para esta:

As algemas de Armando Vara

Também se pode inverter a ordem de leitura, fica ao gosto do freguês. No primeiro caso, é como passar de um ritual de mescalina na SEDES para um curso de formação de “jornalistas” na Cofina. Na opção alternativa, será como estar a assistir a uma peça de teatro no Natal dos Hospitais Psiquiátricos e sair de lá a correr para nos enfiarmos na assembleia da Igreja de Sócrates e dos Socráticos dos Últimos Dias.

2 thoughts on “Leituras imperdíveis na quadra carnavalesca”

  1. Mal, muito mal deve estar um jornal, para ter de recorrer a artigos de opinião de um destroço mental como esse sr. Henrique Neto.
    Não consigo entender como é que esta alma se intitula “socialista”, quando tem tanto de socialista como eu tenho de camaronês.

  2. Quanto ao Neto, bueno, não há nada mais confrangedor do que fluidos malcheirosos de senilidade ressabiada. A baronesa Von Alzheimer, que não lhe larga a cabeceira, lá terá, mais uma vez, de desinfectar-lhe a arrastadeira.

    No que respeita ao bispo mais destacado da Igreja dos Socráticos dos Últimos (e Todos os) Dias, diria o Tusk que terá provavelmente um camarote bem quentinho reservado no cabrão do inferno dos bispos das igrejas de merda.

    Oremos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.