Grandes questões da actualidade

A Cinemateca é um museu. A Cinemateca tem salas de cinema. Os museus estão abertos aos domingos e feriados. As salas de cinemas estão abertas nos feriados e domingos. Os feriados e domingos tendem a ser dias em que não se trabalha, o que facilita a escolha de filmes que passam a horários usual e maioritariamente laborais. Os domingos e feriados, parece, costumam ser dias em que apetece ver filmes. Por causa da lógica pipoqueira dos distribuidores e da exiguidade daquele tipo superior de público que sabe ser o cinema bem mais real do que a própria realidade, só resta a programação da Cinemateca para o cinéfilo sobreviver.

Ora, que mal fizemos nós à Cinemateca, ou aos museus, para sermos deixados a agonizar sem alimento tantos dias por ano?

10 thoughts on “Grandes questões da actualidade”

  1. Malta, amigos, fiéis, correlegionários, acólitos, aspirínicos, cooporativos, jugulentos, beatos anónimos da minha Igreja SS (Santo Sócrates), sacerdotes, vigários, capelães e moços de recados:

    Espero que não se zanguem comigo e que não interrompam o calendário de adorações, ablações, adulações e missas previstas, porque a “nossa” verdade não pode morrer, mas vou ter de recalibrar e actualizar a minha EPROM (vulgo cassete) para os novos tempos.

    Vou para Paris para o fazer, porque, apesar dos saltos e choques tecnológicos que eu liderei, ainda não existe Know-wou (não sei está bem escrito porque o meu inglês técnico nunca foi muito forte, como vocês sabem) em Portugal para um Santo da minha estatura.

    Mas saibam que vos ADORO e que estarão sempre no meu coração.

    ADORO-VOS

  2. Vai, vai lá para Paris e mete uma cunha ao Sarkozee para transferirem a Cinamateca deles para cá para evitar que o Valupi morra de inanição aos domingos e feriados (esta comparação com as criancinhas da Somália comove-me), e se essa vergonha do De Gaulle te fizer esse presidencial favor, diz-lhe que o adoras e dá-lhe um abraço dos fortes, daqueles que causam fracturas expostas de costelas.

  3. A ignorância toma-se nas doses se quer…

    E gente ignorante só pode confiar o governo do país, a outros, igualmente ignorantes.

  4. Estes rascas de merda continuam a mostrar o que são e o que valem,ou seja,NADA.Vão mas é pró albergue ou pró 31 da marada,debitar as vossas nulidades,porque o vosso ambiente não é este.

  5. o AL’garvio vou nomear para tratar da merda dos pombos, que naturalmente vai conspurcar a “nossa” majestosa futura Basílica, a mim dedicada, SS-Santo Sócrates.

    não desdenhes o mister porque da tua proficiência depende a boa aparência da sagrada casa do mistério divino. E sabes como sou sensível às fachadas e aparências.

    ADORO-VOS meus fiéis cordeiros

    NÃO DESISTAM PERANTE AS ADVERSIDADES E A MÁ-LÍNGUA DOS RANHOSOS

  6. A ti,dedicada,só se for a merda de pombo e outras merdas mais merdosas,e mesmo essas não sei se terás categoria para mereceres.Já agora, nem mereces que te liguem puto de cartuxo,assim sendo vai prá PQTP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.