Francisco Assis comenta João Assunção Ribeiro

Uma governação de esquerda nunca poderá reclamar sucesso enquanto corporações e elites determinarem a realidade mais do que a legitimidade democrática o faz. Não vale de nada querermos submeter os mercados à política quando não conseguimos sequer submeter elites e corporações nacionais à política e aos políticos democraticamente legitimados.

Seguro salvou PS

*

3. Infelizmente têm-se vindo a manifestar preocupantes sinais populistas na vida política portuguesa. Uns à direita e outros à esquerda. Uns na maioria e outros na oposição. Perturbam-me sobretudo, como é compreensível, aqueles que afectam o Partido Socialista. Quando vejo figuras do meu próprio Partido a acolherem o discurso protofascista do ataque às elites tenho razões para ficar preocupado. Muito preocupado até.

Público, 14 de Fevereiro

26 thoughts on “Francisco Assis comenta João Assunção Ribeiro”

  1. Assis na sua deriva direitista e protoliberal esta preocupado com as elites. Nao diz o que sao essas elites . Fui ao dicionário mais à mão e encontrei:

    elite
    (francês élite)
    s. f.
    1. O que há de melhor e se valoriza mais (numa sociedade). = ESCOL, FINA FLOR, NATA
    2. Minoria social que se considera prestigiosa e que por isso detém algum poder e influência.

    Se ele se referir ao significado 1 tambem fico preocupado, mas sinceramente não vejo sinais de ataques .
    Se ele esta preocupado com os ataques aos banqueiros nomeadamente O Ulrich e o outro do BES que ainda deve estar a corrigir as declaracoes de IRS de 1990 , ou ao Frankelim do Bpn, ou o Relvas ,ou outros deste estilo, fico é preocupado com o Assis. Ou se calhar nao fico . Nao é o primeiro , nem o segundo que nas circunstancias em que é preciso estar do lado dos mais desprotegidos e fracos , que sao a grande maioria do povo portugues , escolhe estar do lado das pretensas “elites” minoritárias que detém o poder e influencia. Essas sim as que têm capacidade para impor políticas profascistas.

    Coitado do Assis.

  2. tamém não vou à bola com o assis, mas tanto quanto sei , o gajo não ajudou a eleger a cambada que nos governa como fizeram os comunas e tijóis de esquerda.

  3. Quem elegeu a cambada que nos governa, foi o povo Português pelo seu voto.

    E se o Socrates foi derrotado , foi porque o povo português já estava farto dele.

  4. então aproveita a próxima manif da cgtp, caso tenham quorum, para explicar isso ao pessoal e vais assistir a uma tomatina de fazer inveja a qualquer buñólico.

  5. Roma nao paga a traidores.
    tanto o Sócrates e o governo liberal do PS se aliou ao pSd e contra o povo que um dia levou com a faca nas costas.

    Roma nao paga a traidores.

  6. … e o pirónimo de sousa rebola-se a rir com o incêndio. quando os fiéis acordarem da injecção atrás da orelha, então vais ver o que são traições, facas & alguidares de votos em branco.

  7. O artigo de João Assunção Ricardo, de que aqui se cita a conclusão, reclama apoiar-se no racionalismo mas nada mais faz do que se apoiar em sondagens. Ora, seria necessário fazer uma análise política muito mais aprofundada para justificar racionalmente a conclusão que o autor pretende extrair.

    A minha interpretação da realidade é diversa. O PS português aguenta-se hoje melhor porque adoptou, a mal ou a bem, a bandeira da defesa do estado social. Tem sido, nesta década do Euro, uma posição eivada de contradições — especialmente quando se passa das palavras aos actos — muito por fruto das dificuldades económicas que o país enfrentou, ampliadas pelas restrições orçamentais decorrentes de ser membro da Zona Euro — mas, ainda assim, é uma posição de princípio que acolhe simpatia junto da sociedade portuguesa. Decerto que a memória de um outro tempo, que resultou da política de estado social (universal) inexistente, de António de Oliveira Salazar, ainda perdura. Salazar preferia conceder certa protecção social a cada grupo corporativo, como forma de manter as corporações mais importantes na mão, como apoiantes do regime. O ditador tinha a noção exacta de quais os grupos que precisava, para servirem de sustentáculo ao regime. E foi como resultado da guerra colonial que o regime fascista português começou a perder a base social de apoio que tinha na classe média.

    Mas qualquer regime, democrático ou não, precisa de ter nas classes média e média alta um apoio maioritário para poder subsistir. Os marxistas teorizaram abundantemente acerca disso, classificando essas camadas sociais de pequena e média burguesia e afirmando que elas eram um aliado fundamental da grande burguesia e um sustentáculo fundamental da sociedade capitalista. Embora se possa discordar da interpretação política dos marxistas, no fundamental eles compreendem (melhor que os neoliberais) a questão do papel das classes médias na coesão dos estados-nação modernos.

    Sugiro que se o PS segue pela via neoliberal sugerida por João Assunção Ribeiro irá pelo beco sem saída em que se meteu o PASOK.

  8. Comunicado conjunto das células de astronomia do Berloque e Partidão.
    Por culpa do PS que se aliou à direita (PSD, CDS/PP) para governar, um asteróide passará hoje apenas a 27.000 kms do Planeta Terra.
    Estamus d’olhu no firmamento. A reacção não passará.
    Poi não, já cá tá!

  9. alcântarédusobservadores,

    Não convém brincar com um asteróide a passar a 27 mil Km da Terra; é uma distância suficientemente curta para causar calafrios a qualquer pessoa medianamente informada. É o equivalente a uma bala passar-nos de raspão.

    Quanto às objecções de BE e PCP: às vezes convém ouvi-las, especialmente quando fazem algum sentido e estão relacionadas com questões para as quais ainda não vi respostas válidas (do BE e do PCP também não as ouvi, devo dizer).

  10. pois é joãopft, essa malta tem respostas para “quase” tudo. também são os que estão mais à vontade nos debates,por que nunca tiveram responsabilidades democraticamente atribuidas.as antidemocraticas deviam ser chamadas à colaçao quando eles “começam a cagar de saco”.Nota: o ps devia explicar ao governo por que motivo o mesmo governo que diminui o deficit,foi o mesmo que o agravou,e lembrar-lhes até à exaustão, as promessas vigaristas que fizeram antes das eleiçoes.por ultimo,hoje no parlamento vimos a melhor intervençao de seguro.

  11. rever a materia e bento.a poucos dias das eleiçoes o ps estava empatado com a direita.quando nenhum partido à esquerda se propos fazer fazer uma maioria com o ps, no parlamento,, o povo portugues votou nas mentiras do passos coelho e na coligaçao com o cds. o povo não quis mais governo minoritarios e por isso reforçou a votaçao na direita.traidores são os fdp que sabiam o que nos esperava,e nada fizeram para derrotar a direita,pelo contrario aliaram-se, antes durante e depois das eleiçoes. apareça um partido à esquerda do ps que realçe as suas diferenças ,mas que está disponivel para fazer acordos governamentais ou parlamentares,ou até ir para o governo, o povo certamente irá recompensa-lo.isto seria a morte dos social-fascistas e da escoria que contamina o bloco.traidores são todos os que acreditam nos partidos das amplas liberdades e que no poder as retiram.querem exemplos?

  12. bento acusaste o toque?eu não disse que eras comunista,porque comunistas não há em portugal.quem o era saiu há muitos anos,com a queda do muro da vergonha. coligaçoes do pcp só com a direita,para derrubar governos e tambem para aliar-se à direita nas autarquias.no porto foram varios mandatos com o eng. oliveira e depois com o rui sá a aceitar formar executivo para dar a rui rio a maioria absoluta que não obteve nas urnas.o bloco não alinha para lisboa,por que o pcp tambem não alinhou.andam a fazer marcaçao cerrada.venha um novo partido a esquerda do pcp, e be , para acabar a rotatividade promovida pelo bloco e pcp.

  13. joãopf,não está no adn do ps seguir politicas neoliberais.defendemos uma economia de mercado regulado,que infelizmente funciona mal em portugal. a economia socialista resultou em lojas vazias,fome e repressão.uma tragedia a nivel europeu.a historia do pasok ainda não terminou,como tal não lhe façam enterros antecipados.

  14. O que eu me lembro é da coligação do Ps com o mirn, elp, cia , patrtiarcado etc estavam todos juntos na alameda. Tambem me lembro do governo com o CDS e da aliança com o Jaime Neves dos massacres em Moçambique. Historia negra do PS portugues. Ja nao ha socialistas no mundo. Desde Salvador Allende que nao tiveram mais ninguém de jeito.

    Foram e sao completamente corrompidos pelos neoliberais e pelo capitalismo

    Paz à sua alma

  15. “O que eu me lembro é da coligação do Ps com o mirn, elp, cia , patrtiarcado etc estavam todos juntos na alameda.”

    e lembras muito bem, apesar do mirn, elp e cia não darem para encher uma camionete, foi isso que parou a invasão de lisboa com tanques soviéticos como tinha acontecido em praga e se hoje és livre de dizer e escrever as asneiras que aqui publicas, bem podes agradecer ao pessoal da alameda, ao ps e ao márocas.

  16. E os ataques aos centros de trabalho do PCP e de outros partidos de esquerda, as bombas, os assasinatos, o Carlucci, as armas distribuídas ao Edmundo Pedro e ao PS, o apoio da cia, tudo rapazes da democracia .

    Os tanques soviéticos ja faz parte da cassete liberal fascista

    Historia negra do PS em Portugal. Historia da capitulação ao capital financeiro e neoliberal.
    Vergonha se ainda tiverem , mas suspeito que nao.

    Hoje vamos à manif contra o governo de direita?

  17. era o princípio da guerra civil que o cunhal teve medo de perder, o pcp e acólitos assaltavam empresas e embaixadas, ocupavam propriedades, queimavam jornais, os comités de vigilância popular davam porrada e gamavam carteiras a quem fosse apanhado na rua depois do recolher obrigatório, a justiça era aplicada por militantes comunistas, a tropa ensinava marx e lenine aos agricultores do marão e quem não fosse comunista era reaccionário. vê lá bem daquilo que o ps te livrou e ainda pedes quorom para uma manif de regresso ao passado. ganha juízo pá!

  18. oh bento! por onde é que queres que comece? queres juízes comunas expulsos, caso inédito na magistratura, por andaram a fazer batota nos julgamentos a favor do partido e depois recondicionados em advogados de sindicatos, se pedires encarecidamente ponho aqui nomes de gajos e casos que existem e sobrevivem a custa das influências do partido dos trabalhadores, mas podes escolher outro tema, apesar dos que mencionei ser do conhecimento público. já que falas em pides, tamém arranjo um que foi do partido comunista.

  19. oh bento! a estas horas já deverias estar no principe real, andas a convocar pessoal para a mnif da cgtp e não pões lá os butes. a comunada tem a mania de mandar nos outros, preconceitos de filhos de motorista e sopeira de ricos.

  20. Ignatz

    Só faltava de seres apelidade de pidesco! Ao ponto que este blog está a chegar. hehehe

    Acho que o Bento já esteve a beber umas minis para aguentar a manif de hoje.

  21. E tu, meu rotundo e pançudo-sanguessugo.
    meu desacreditado burguês apinocado
    da rua dos bacalhoeiros do meu ódio
    co’a Felicidade em casa a servir aos dias!
    Tu tens em teu favor a glória fácil
    igual á de outros tantos teus pedaços
    que andam desajuntados neste Mundo,
    desde a invenção do mau cheiro,
    a estorvar o asseio geral.
    Quanto mais penso em ti, mais tenho Fé e creio
    que Deus perdeu de vista o Adão de Barro
    e com pena fez, outro de bosta de boi
    por lhe faltar o barro e a inspiração!
    E enquanto este Adão dormia
    os raios roeram-lhe os miolos
    e das caganitas nasceu a Eva burguesa!

    Cheiras mal da boca. Pim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.