3 thoughts on “Exactissimamente”

  1. Quem é que hoje ainda depende da RTP2 para ver o Mad Men? Qualquer discussão em torno do serviço público de televisão sem ter em conta a furiosa penetração da Web nos hábitos de consumo mediático de um número cada vez maior de telespectadores sofre de anacronismo.

  2. Bom ponto, primo. Mas diria que, precisamente por causa da extrema fragmentação do consumo mediático, ter centros de oferta alternativa com linha editorial consistente e alternativa ao nivelamento por baixo mal não faz e talvez seja uma crescente necessidade. Lá está, por causa do cabo e da Web.

  3. Deixemos privatizar a RTP ,mesmo com carlinhos daniel, a menina esteves o “orelhas” etc., e depois havemo-nos de queixar de que esta cambada NUNCA mais sai do poder.
    O sonho destes f da p é transformar a informação num correio da manha…tentacular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.