Evolução das espécies

Há quem louve Passos por ter tido o cinismo de levar avante a tentativa de colocar Nobre como segunda figura do Estado apesar de saber que tal não seria sequer desejável para o PSD, agora que já tinha alcançado o Poder. Estes são os mesmos que não se importam nada por Passos ter prometido a Nobre algo que não só não estava em condições de garantir como ficava como um insulto, por mais do que uma razão, à própria Assembleia da República.

Depois da forma como mentiu acerca do que se passou numa certa quinta-feira à noite, e agora com a frieza como achincalha Nobre, à mistura com outros sinais dados na campanha em situações de exposição emocional com populares, temos aqui o começo de um esboço que sugere estarmos perante uma espectacular mutação na Ordem Lagomorfa: o aparecimento do primeiro coelho carnívoro.

11 thoughts on “Evolução das espécies”

  1. Tens razão, Valupi. Os dois galos entenderam-se para fritar o “pato” fácil em que a mania das grandezas transforma o Nobre. De facto, este espectáculo à volta de Fernando Nobre era completamente escusado se os protagonistas, que apresentam uma pose que, os mais distraídos, ainda julgam que é pose de estado, não mostrassem a voracidade que tão bem dizes.

  2. O paternalismo das palmas e das palavras de circunstância para Fernando Nobre e o cinismo eloquente dos actos.. Isto promete, com protagonistas desta estirpe.

  3. Ainda que mal pergunte: o PSD, ou o Passos, não deviam já ter uma alternativa preparada? Agora é que vão estudar o assunto?

  4. Sou levado em crer que Passos Coelho não queria mesmo que o F(iambre) Nobre viesse a presidir á AR, pois que outro sentido tem não exigir ao parceiro da coligação que fosse solidário, mesmo tendo em conta que aquele tenha dito que o fulano não tinha perfil (como se constatou), mas se a vontade era mesmo elegê-lo, o Partido que tem a “força” teria de ter forçado esse compromisso e pelo visto não teve força nenhuma… só espero que noutras matérias o Paulinho não venha a meter a sua velha areia na engrenagem…

  5. O N/ Coelho teve a primeira vitória sobre o eleitorado.

    _Cumpri a minha palavra! disse ele.
    _Como não resultou, muda-se._Mas existem dúvidas? _Vai ser sempre assim!

    _Se vou a chinelar para o Conselho Europeu, problema meu!

    _Se quiserem batatada, vão ter com o PR!
    _Tenho mais que fazer!
    É o óbvio, ele.

    Até dá gosto ouvir toda esta jovialidade a dirigir o país.
    Quanto ao resto… ?
    Disse o elitorado.

    Tirando a questão do poder já temos dois Xicos Louçãs:
    _È óbvio que deviamos ter ido às reuniões com a troika.
    _Mas não deviamos nada ter ido.

    È o eleitorado que é estúpido, tipo balde de merda.
    Perguntem ao Graça Moura.

  6. O Nobre é um grande sacrista, aldrabão. Primeiro disse que só seria presidente da AR. Agora que não foi eleito diz que fica como deputado. Sr. Passos Perdidos o sr. diz que é uma pessoa verdadeira e naturalmente só quer ter consigo pessoas igualmente verdadeiras. Então vai ter que por o vigarista do Nobre no olho da rua. Senão, pouco interessa o sr. ser verdadeiro visto que depois se junta com aldrabões.
    E diz-me com quem andas… dir-te-ei quem és!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.