One thought on “Esta Lisboa já não existe, mas é”

  1. pronto , pronto , eu comento : é capaz. mas que é que se há-de fazer ? no intermarché há peixe bué da bom e não se corre o perigo de escorregar em nenhuma figura geométrica e catrapum. é a ciência , pá , a funceminar e tornar tudo muito seguroooooooo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.