Dominguice

Acabar a escolaridade obrigatória e não conseguir explicar em que consiste um Estado de direito democrático é alarmante. Acabar uma licenciatura e não conseguir nomear os princípios do nosso Estado de direito democrático é assustador. Acabar a ganhar a vida como jornalista e estar-se a cagar para a defesa do Estado de direito democrático é decadente, nocivo e selvagem.

A imprensa portuguesa, tirando as honrosas excepções, é parasitária de criminosos e seus crimes.

6 thoughts on “Dominguice”

  1. e esses, os que são por condição cidadãos do estado de direito porque nasceram em estado de direito, muitos deles em estado de direito democrático, não praticando o dever de espalhar o estado de direito democrático, não sendo virtuosamente utilizadores-pagadores do estado de direito, têm de ser punidos. olha que beleza: o estado de direito a punir democraticamente os fanados e os metaverso, metaverso enquanto abusadores e distorcionistas da realidade, do estado de direito. eu quero ser sempre uma agente democraticamente secreta, secreta porque não preciso de tutela, do dever do estado de direito.

  2. pois , para que serve a escolaridade obrigatória “democrática” ? para repartir a ignorância equitativamente pelos cidadãos ? pela avaliação de resultados a essa conclusão a que chegamos.
    quanto à licenciatura , tendo presente que os jornaleiros hoje em dia são “licenciados em comunicação social” , suponho que não tenho de dizer mais nada .
    quanto às macieiras produzirem uvas ? pois , não sei como de uma escolaridade obrigatória e de umas licenciaturas actuais poderão sair bons jornalistas.
    e a falta que há de pedreiros , canalizadores , electricistas e tal? não podem abrir faculdades , para dar cagança , dessas actividades tão necessárias ? se calhar poderíamos reconverter alguns para sectores importantes para a vida , não?

  3. Como é que há-de haver um Estado de Direito Democrático se o povo e os grandes defensores do povo estão todos cagados em casa com medo de uma simples gripezinha.

  4. Quando muitos dos profes nada sabem sobre o assunto como ensinar os alunos?
    Quando os zeladores pela legalidade democrática (Ministério Público) usam os tais
    pasquins para obter as condenações sem provas nas tabacarias, como se pode de-
    fender o são convívio e, respeito pelos cidadãos?
    Quando os Tribunais absolvem alguns dos prevaricadores à pala da “liberdade” de
    imprensa mesmo, quando os ofendidos ficam com a reputação manchada para sem-
    pre … onde está o Estado de Direito???

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.