Doentio

Interrogado sobre o que quis dizer com a expressão “não há cura para aquele que não quer ser curado” que proferiu esta manhã no discurso que fez na sessão solene na Câmara Municipal de Castelo Branco, Cavaco Silva recordou tratar-se de uma frase de um médico célebre do século XVI, João Rodrigues de Castelo Branco, o Amato Lusitano.

“Eu espero que nós queiramos ser curados e que sejamos capazes de responder aos desafios que temos à nossa frente”, sublinhou o chefe de Estado, que falava aos jornalistas à entrada para um almoço no Conservatório Regional de Castelo Branco, inserido no programa de comemorações do 10 de Junho.

Frisando que acredita que os portugueses querem curar a “doença” que neste momento os afecta, o Presidente da República explicou que essa “doença” é “o grande desafio de responder aos desafios que foram colocados pela comunidade internacional”.

Fonte

15 thoughts on “Doentio”

  1. Grande doente é ele que desmaiou na tomada de posse do primerio-ministro Guterres e levou plasma para o Brasil no avião. Safa!

  2. Uma Maioria, um Governo, um Presidente… agora é que vão ser elas!
    Mas sem um milhão de contos por dia a fundo perdido…

  3. Não será ELE o foco infeccioso do nosso país e a base de quase todas as doenças de que a nossa democracia padece? Ficou tudo de tal forma contaminado pelos seus 10 anos de poder, que o doente só a muito custo conseguirá recuperar. E, o grande problema, é agora esta recaída!

  4. O homem anda mesmo doente, pois segundo ele, espera querer ser curado, ou seja, não tem a certeza de que quer a cura, do mesmo modo que também não a tem no que respeita à sua capacidade de ser capaz de responder aos desafios que temos pela frente.
    E se lhe explicassem primeiro que deve manter a boca fechada porque quando a abre ou sai asneira ou entra bolo-rei?

  5. Olha, olha! Agora os desafios já são colocados de fora, pela comunidade internacional”! Até à derrota do PS, era tudo culpa do governo Sócrates. Não havia crise internacional. Um abalozinho, talvez.
    Safa! Não tem mesmo cura, o raio da doença.

  6. De facto, estou cada vez mais convencido, que o PR é um verdadeiro desastre.
    Com o decurso do tempo torna-se progressivamente evidente que o Prof.Cavaco Silva,é políticamente medíocre, sendo um daqueles mitos que direita portuguesa sempre adorou construir.
    E já agora não ficaria mal que tentasse melhorar o portugues com que se exprime.
    `

  7. O director vai ser indiciado por ter escrito: «tal como Fátima Felgueiras e Isaltino Morais, Cavaco Silva acha que uma vitória eleitoral elimina todas as dúvidas sobre negócios que surgem nas campanhas» (até pensei que tivesse alguma coisa a ver com isto)

    O director da Sábado fez mal. Como toda a gente sabe, politicamente, são permitidas comparações com: Hitler, Saddam Hussein, Drácula, Terrorista, e outros que tais, agora comparar o presidente da inventona de Belém com o Isaltino ? com a Fatinha ? Não, isto é demais, prisão com ele.

  8. Eu Comparei esse Cavaco, no Discurso da Tomada de Posse, ao Khamenei. Y reforço: só lhe falta Oficializar o seu status de Divino-Cavaco. Será que ninguém lhe explica que isto não é o Irão. Nem ele é Khamenei … Mas só faltam os Fundamentalista dos PSD a defende-lo como se de uma Caricatura de Alá se tratasse :)) ainda vamos ter essa Parodia para entreter estes dias de mau agoiro!

  9. Até acho que ele tem alguma razão. Eu, por exemplo, sempre que o senhor fala sinto-me logo meia adoentada, assim como que agoniada.
    Desconfio que é um virus e até quero ser curada, mas infelizmente na consulta do dia 6 fiquei a saber que os surtos de agonia teriam tendência a agravar-se. E ainda por cima nesse dia parece que chegou também a Portugal a “crise internacional”

  10. Assim que estoirarem os 75 mil milhões esta maioria e este presidente entregam as chaves e vão-se embora.

    O Balsemão ainda se deve lembrar como fez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.