Direitola à janela

O povo saiu à rua no dia 4 de Outubro de 2015 e escolheu o dr. Passos Coelho para primeiro-ministro. O povo queria que ele fosse para o Governo executar as medidas do programa eleitoral do PS, mais as medidas que PS, BE e PCP se lembrassem de aprovar em conjunto, ao mesmo tempo em que ficaria a ver as medidas do PSD e do CDS serem chumbadas sistematicamente pela oposição. Era isto que o povo queria. E foi isto que o ladrão do Costa roubou ao povo. Como bem observou o dr. Ricardo Salgado, só vejo aldrabões à nossa volta.

2 thoughts on “Direitola à janela”

  1. Valupi, como bem observou na caverna do Ali Baba etc.; corrijo: como bem observou o Dr. Ricardo Salgado na caverna do Ali Baba, nas cassetes que o ladrão do primo ladrão surripiou, só vejo ladrões à nossa volta! Em todo o caso, o que daria maior veracidade à frase seria se o nossa tivesse sido um pronome singular: à minha volta… E acrecentaria: primo Ricciardi filho, para que estás a olhar com esses olhos de carneiro mal morto?!

    Minha nossa! Depois de tudo por que está a passar o Ricardo Salgado deve desabafar que família de mamões à nostra volta, livra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.