Corpinho de Deus

Quase todos os católicos, mesmo os cristãos, são não-praticantes. Porque praticar dá muito trabalho, pouco ou nenhum prazer e ainda reputação duvidosa. Mas a malta ateia e agnóstica, secularizada, e que calhe ser de esquerda, só para completar o ramalhete, também é relapsa e mandriona. Podendo protestar contra os feriados religiosos, encontrando aí uma bandeira de um vermelho tão vivo para agitar, estes não-praticantes da coerência ficam calados. E descansados.

É que cada esquerdista secular, agnóstico ou ateu, tem um corpinho divino a pedir repouso. Os deuses cansam-se muito, porque estão sempre a pensar em nós.

40 thoughts on “Corpinho de Deus”

  1. Há uma diferença entre banir crucifixos das salas de aula e banir feriados. Os argentinos (que nunca leram Hegel) não sentem a noção de EStado mas os portugueses (mesmo lendo Hegel) tentam sacar o máximo do EStado. POrque sentem que o EStado não é bom pagador nem é pessoa de bem. Para o argentino roubar fundos públicos não é crime; para o português quem foge ao fisco é um herói. E um feriado sabe sempre bem.

  2. jcfrancisco, não sei que mais admirar: se a notícia de os argentinos nunca terem lido Hegel, se a dos portugueses o fazerem. Logo que saiba, aviso. Entretanto, de acordo: há uma diferença entre banir crucifixos e banir feriados.
    __

    z, esse Bruto da Costa tem algumas boas ideias.

  3. Eu nunca fui à Argentina mas li muito Jorge Luís Borges quando ainda não era muito conhecido, mandava vir os livros da Alianza Editorial em Espanha. É dele a informação de que na Argentina a noção de Estado não existe. Aceito sem discussão esse dado. Talvez mesmo lendo Hegel eles continuem a pensar o mesmo…

  4. Quererias dizer quase todos os cristãos, mesmo os católicos, partindo do geral para o particular? A prática cristã dá má reputação? desde quando? e onde? Quando baniram a igreja católica da assistência aos doentes terminais, onde prestavam um serviço inestimável, por quem os substituiram? Ao escreveres este post estarás a usar o avental de qualquer loja maçónica que, segundo se observa, é o que está a dar?

  5. dina, são só estas as notícias de que precisas para estar informada e actualizada. Tudo o resto são mentiras da reacção.
    __

    jcfrancisco, leste muito Jorge Luís Borges quando ainda não eras muito conhecido? Quando foi isso?

    Seja como for, a sua afirmação pede algum pudor no gasto.
    __

    Zé, não. Quis dizer que quase todos os católicos, mesmo os cristãos, são não-praticantes. E tanto o quis que o fiz. Parti do especial para o geral, não do particular. Se partisse do particular, teria de ir parar ao universal. E se partisse do universal, já não teria de perder tempo com o particular, porque o universal tem essa vantagem de incluir todos os particulares que lá caibam. É assim a lógica, logicamente.

    A prática religiosa não dá má reputação; essa será, quando muito, uma ideia tua. O que digo remete para a figura da reputação duvidosa. É que santos da casa não fazem milagres, e esta lição é evangélica. Sim, sei bem do bem que muitos católicos, muitos cristãos, muitas pessoas de qualquer credo, muitas pessoas sem fé mas com coração, espalham à sua volta.

    Quanto aos aventais, não uso.

  6. Você viu a procissão do corpo de Deus em Lisboa?? Você já foi a alguma igreja da Baixa lisboeta à hora do almoço, durante a semana?? Como pode afirmar o que afirma em relação à prática religiosa?

  7. Que os Argentinos nâo tenham a noçâo de estado,é normal depois da tareia que os Britanicos lhes déram,crianças que nascem sem nome sâo aos milhares que tenhas lido Borges nâo muda um item a miséria que eles pasam.Que os bancos nâo tenham dinheiro para lhes dàr,vê-se um pouco no mundo tôdo depois a globalisaçâo!!Mas ir à procissâo do corpo d’alguem que nâo existe…verdadeiramente
    é preciso ser (hiper pacòvio).E é éssa razâo porque Portugal esta atrasàdo que tu o queiras ou nâo,com um grade sorriso da icar.PS ser Ateu,nâo é sò nâo ir às estupidas das vossas procissôes e dos santos de tanga que a icar vos obriga a aceitar

  8. Vi a procissão passar na Baixa, diante das portas abertas de uma grande loja de roupa cheia de clientes. A indiferença da gente na rua era quase total. Vi um prédio, um único, com colchas nas janelas. Era uma residência religiosa.

    A Igreja está moribunda em Portugal. O catolicismo ainda não, mas para lá caminha. O João César das Neves ainda rabeia. O cristianismo em geral está menos morto, mas o que nesse domínio continua realmente a dar são as aparições e os pregadores escroques.

    Ateus, agnósticos e indiferentes há cada vez mais, graças a deus.

  9. Valupi: Foi há tantos anos que (por exemplo) o Mega Ferreira leu os «Seis problemas para Dom Ididro Parodi» num livro meu emprestado. Comecei a interessar-me pelos textos de Borges em 1978 quando entrei a colaborar no «Diário Popular». Trinta anos e parece que foi antes de ontem…

  10. portanto Valupi, delirando um pouco pela manhã… Acho que o petróleo está disparado porque o dólar está fraco (com taxa de juro real negativa) e portanto para puxar dólares ‘alguéns’ especula com os preços e com sucesso, e claro que o disparo no preço do petróleo alimenta a espiral de inflacção. Como disseste um dia o dinheiro é uma forma de energia. A inflação e os juros estão a roer a base e o sector intermédio da pirâmide com grande intensidade e tens convulsão social à vista…

    a culpa principal disto tudo é do BCE que nos anda a vender a história ao contrário, para desactivar a espiral é preciso baixar os juros e injectar dinheiro na base. O que o euro tem valorizado face ao dólar não compensa a escalada no preço de petróleo

    claro que também conta a procura crescente da China e da Índia, mas pelo que diz o gajo da Opep não se justifica aumentar a produção, não é uma questão de escassez

    baixar os juros europeus só não interessa aos grandes investidores

    Como não temos o poder de intervir no BCE (ou teremos?) conclui-se que na Europa do Tratado de Lisboa os cidadãos não mandam na instituição que regula o parametro principal. Nem sequer os governos por eles eleitos. Isto é democtracia?

  11. Z digo-te isto para nâo te fazêr receio algum!! Existe acçôes de 130 mil dollares cada, na especulaçâo nâo existe amigos no petroleo vai aconteçêr o mesmo,os tiros na cabêsa vai ser o jogo national basta um pais dire que tem resérvas mundiais para trinta anos.Tal como os subprimes as casas nem a metàde do prêço sâo vendidas:é tudo uma questâo de tempo eu vi acçôes passar de um dia para o outro de 140 dollars a 0.78 centimos,vai faltar bàlas porque eles vâo fazêr bicha uns atràs dos outros

  12. “Aquele que leia uma linha de Borges(re) escobre a melhor Bibliotéca…”se tens tempo lê Borges e Betina Edelberg.Bôa leitura

  13. Hillary Clinton,vem de se tirar uma no pé ou entâo existe um jogo escondido.O grande mêdo do mundo inteiro é que Obama lhe acontêsa a mesma coisa que a Robert Kennedy,éla tinha a presencial na mâo e o mundo ia cair no mesmo bordél que o do Bush.Nos Estados-Unidos posso comparàlos aos Borgias da idade média.

  14. canuck: tu escreves engraçado pá, eu não tenho títulos na bolsa, acho que o barbas do Fed conseguiu evitar por uns meses largos um ataque ao Irão, que é sempre a ultima ratio regis, quando a economia descamba. Estou a puxar pelo tricheur para baixar os juros do BCE para equilibrar o balanço, mas parece que não tenho eco, os meus compatriotas ou não concordam, ou não têm opinião ou não a dizem.

  15. Portanto, ficámos a saber que foi o jcf que deu a ler o Borges ao Mega Ferreira.
    Um dia destes vamos ficar a saber (pela sua boca ou pelo seu teclado) que foi ele quem deu Marx a ler ao Dr. Álvaro Cunhal, que foi ele que deu a Bíblia a ler ao Cardeal Policarpo, que foi ele que sugeriu a Pedro Tamen a tradução de Proust, que foi ele que explicou os Manifestos do Surrealismo a Mário Cesariny, que foi ele que explicou a Vítor Manuel Aguiar e Silva que Camões é um autor muito importante, que fez ver a Teresa Rita Lopes que Pessoa é o grande autor português do século 20 ou até mesmo que foi ele quem revelou a Eduardo Prado Coelho o conceito de “orgasmo vertical”.
    Entretanto, já é certo e sabido que Sá de Miranda só introduziu o soneto no nosso país porque viajou até Itália na companhia do nosso querido e inefável Zé do Carmo.

  16. Pequeno Charco.
    Nâo fiques sangado,no S.Carlos vais ouvir cantar o Carreras com o Sarcozy à guitarra.
    Inconcert Mehta

  17. Pequeno Charco.Éssa do “orgasmo vertical” fui eu que inventei,quando andava de muletas…foi no 70 jà là vai 50 anos…pontos nos i

  18. Pequeno Charco, concordo contigo, tudo o que dizes é «correcto». Mas a lista não está completa. Por exemplo: não dizes que todos os sonetos de amor da Florbela Espanca foram inspirados na figura do José do Carmo Francisco! Mas ele um dia destes diz, como é muito modesto, deve ser por isso. Bem e também irá dizer que o Saramago depois das reedicções, retirou a dedicatória «ao pessoal» que o acolheu, pessoas sem as quais nunca teria escrito o «Apanhado do Chão»!

    canuck, certamente: se foste tu o inventor…Mas não achas que 50 anos é muito tempo? Pois, o ponto nos ii é que não lhas perdoa, ao JCF. Tem andado muito afastado. Se calhar enjoou-se com tantas peneiras!

  19. Quem tirou a virgindade à Agustina? Às tantas…

    (Eu é que ensinei à Soraia Chaves tudo o que ela sabe acerca de sexo, mas tenho-me inibido de divulgar a coisa por respeito à privacidade da moça e porque um gajo não pode sequer dizer a quem empresta livros que caem-lhe logo em cima, quanto mais…)

  20. 3Fevereiro de 1468 Johannes Gutenberg deixa à humanidade a imprimante q’ele inventou.Mal sabia que um tàtà como o canuck se ia servir para escrever tolices,isto tudo para dizer que emprestei o livro de Téologia ao Luciano,e que ele nâo mo devolveu!!?Sérvece para dizer tolices aos pacòvios que vâo a fàtima.

    PS estàs contente com o meu ponto,z.

  21. z, eu estou do lado do Trichet: controlar a inflação é a chave da solução, o resto ajusta-se por si mesmo. E a Europa vai continuar a dar cartas na inteligência económica que a tem guiado. Eis a minha previsão.

  22. saltou…

    constata-se que a explosão do preço do petróleo e a inflação concomitante acontece exactamente no contexto de juros altos do BCE, que no mínimo se pode dizer que não a sustiveram, e no máximo que a induziram – em face ao abaixamento de juros do Fed desde os 5% até 2% – e não será por acaso, será precisamente por isso?

    subscreves, creio, uma história mal contada

    ou seja, em minha opinião, controlar a inflação passa por reequilibrar a paridade euro-dólar e não agravá-la como tem sucedido

  23. A fraqueza do dólar não tem qualquer relação com a política do BCE. O mesmo para a alta dos preços no petróleo ou dos alimentos. Creio que tu é que não queres ver o falhanço da política de abaixamento do juro levada a cabo pelo FED. Para o dólar subir há que revitalizar a economia americana, não que descontrolar a economia europeia.

  24. Na globalização as principais moedas estão todas relacionadas. Com a baixa dos juros do Fed conseguiram reanimar o Dow Jones que estava a atingir o limiar crítico dos 11000 pontos, e conseguiram renegociar muitos empréstimos que estavam incobráveis por força da taxa de juro e dos prazos.

    Porque os EUA são uma potência e o dólar é a sua moeda, tem que circular e ser sorvido, se não é pelas aplicações financeiras que se refugiam no euro, será por outros sorvedouros, nada melhor que o petróleo. Como se vê.

    Em vez de levarmos com a inflacção pela porta da frente levamos pela porta de trás, com a agravante que também vem pela porta da frente porque juros altos ao contrário do que diz a doutrina clássica, geram inflação.

    Tu é que não queres ver a história mal contada que anda aí, e o que chamas de inteligência da Europa é a do empobrecimento geral das camadas da base da pirâmide, o

  25. O empobrecimento?! É o contrário, a Europa é uma bolsa de protecção contra a pobreza. Precisamente por estar tudo ligado é que o enfoque na luta contra a inflação é uma estratégia ganhadora. Mas, claro, tudo isto são apostas, fezadas, porque a economia não é uma ciência exacta, é uma ciência humana.

  26. Z eu sou um tàtà em economia,mas quando o Down atengio os 11000 eu vi que se preparavam para fazer bull shit:nâo o fizéram porque estàvam là os Chinos e os Indus!!?!!Nunca mais serà a mesma a economia yank o Irak e as compras de sociadades Por terceiros, tirou-lhe todo o prestige e honestidade

  27. Valupi, temos interpretações opostas, não só da realidade económica, como dos efeitos e das causas. Por certo concordaremos que o esteio se deve colocar do lado do principio da causalidade, fundador da ciência, episteme: não há efeito sem causa.

    Quanto ao tema: não tenho qualquer intenção de te vencer (ou de ser vencido) nesta deriva, melhor do que contenda, deixei aí em cima a minha opinião para ficar descansado. A grande vantagem de ser um rabisco complexo a assinar comentos é que a autoria não conta, só conta a idéia se vale, o resto dissipa-se no vento de bytes.

  28. tu ao menos fazes-me rir Canuck, mas eu vou largar o tema, espero eu – ficou aqui no Corpinho de Deus e já chega

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.