Combate político segundo o laranjal: difamar e caluniar, sim; adjectivar e ilustrar, não

No Parlamento, o dia foi assinalado pelo PCP, mas coube ao Bloco de Esquerda o ataque mais violento, que disse que esta política de saque de direitos aos trabalhadores estava a ser defendida por uma «direita rançosa».

A expressão levou à indignação do PSD, que disse que a falta de educação não deve fazer parte do combate político.

Fonte

4 thoughts on “Combate político segundo o laranjal: difamar e caluniar, sim; adjectivar e ilustrar, não”

  1. Passaram 6 anos a caluniar um cidadão, chamando-lhe mentiroso até à exaustão, e agora comportam-se como umas putas ofendidas a armar ao pingarelho!

  2. Pulhice, canalhice, cinismo e, se necessário, até a força bruta – tudo isso pode fazer parte do “combate político”, no entender da Direita rançosa.

    Falta de maneiras e deselegância, isso é que não, pá! Isso não é apanágio das séries da BBC, ora bolas.

    Falta de educação é mesmo só ao volante do «Porsche Cayenne», nas saídas da A5 à chico-esperto, nas passadeiras do Monte Estoril e da Lapa, ou nos semáforos controladores de velocidade na recta do Dafundo e na Marginal. Aí sim, a absoluta falta de educação e de civismo é de homem, valente…

  3. a propósito de insultos, este diz tudo sobre o calibre destes laranjinhas que nos calharame em sorte:

    Também o deputado do PSD José Manuel Canavarro pediu igualmente a palavra para “defender a honra da mãe”, considerando ser “inadmissível” que a tenham insultado. “As nossas mães não são para aqui chamadas”, exclamou.”
    LOL! Mais um que confunde o sentido de uma expressão tão antiga. O alvo eras tu, parvalhão!!!

    Ler mais: http://expresso.sapo.pt/parlamento-evacuado-apos-protestos=f810925#ixzz2UsI4k2Mz

    E é isto, em vez de se preocuparem com o facto de haver uma crise social e política – manifestada todos os dias e de várias maneiras -, acham que a mãe é que foi desonrada. Haja paciência para esta escumalha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.