Com quatro palavrinhas apenas

Quatro palavras chegaram para Relvas mostrar o estado a que chegámos e como foi possível aqui termos chegado:

Saio por vontade própria.

Parece que em Portugal nem sequer a oposição tem algum interesse em responsabilizar o primeiro-ministro por ter mantido a confiança política neste traste apesar das ofensas soezes, dos perjúrios e das chantagens.

É bem possível que este país já tenha acabado mas ainda ninguém teve pachorra para nos telefonar a avisar.

18 thoughts on “Com quatro palavrinhas apenas”

  1. sai de vontade própria e deixa o silva carvalho a gravar os conselhos de ministros. o portas ainda leva um tiro num submarino de vingança.

  2. A Oposiçäo (PCP/BE) vem a fazê-lo desde há muito.
    Já a oposiçäo (PS) faz o que este artigo denuncia.
    Para tristezas Valupias mas alegria do País, há vida para além de CDS, PSD, e PS.

  3. Relvas lembra aquela figura retratada em “Os Velhos Marinheiros” de Jorge Amado. Curiosamente, o Capitão Vasco Muscoso de Aragão, na estória, era um neto de português, comerciante de secos e molhados, que triste por não ter um titulo ou nome de familia como os amigos da borga tinham, lá “arranjou” um titulo de capitão da Marinha Mercante…. O tempo passou, a vida levou a que mais tarde fosse necessário assumir o cargo e claro, os problemas surgiram…. tal como o Relvas doutor ministro ( nunca percebi porque o tratavam por doutor, quando não seria mais que licenciado, sendo que para ser ministro não é preciso mais que a escolaridade obrigatoria, que eu saiba…).

    Mas para aqueles que não conhecem o livro, recomendo, porque é uma boa e divertida leitura de férias

  4. Eu se fosse filho ou familiar de Sócrates tinha vergonha de o revelar. O cromo que disse esta frase estatelou-se ao comprido. Quando se constrói a vida na base da mentira ela só pode ter um destino: o desprezo. E como é usual dizer é mais fácil apanhar um mentiroso do que um coxo. Foi o que aconteceu a Miguel Relvas.

  5. «Num comunicado divulgado hoje, o ministério liderado por Nuno Crato refere que, de acordo com a Inspecção-geral de Educação e Ciência, existe “prova documental de que uma classificação de um aluno não resultou, como devia, da realização de exame escrito”.»

    O tal “um aluno” é o Relvas.

    Ou seja, se o “aluno” fizer o tal exame escrito, em lugar da tal prova oral que o Santos Neves lhe terá feito, volta a ser “doutor” sem problemas.

    As 32 equivalências são boas para o Crato.

  6. e pensar que o homem fazia comentários tão lindos sobre a reforma da educação, o sentido do ensino e blá. Puseram-lhe um ministério à frente e o que fez? Isso: retirar alunos do secundário, amontoar os restantes à balda; subsídios reforçados para os professores descontentes, passar à avaliação totoloto resposta certa com 100 euros por boletim preenchido e encobrir crimes no ensino superior, até não poder mais, por melguice da oposição. Crato, se tivesse pingo de vergonha na tromba, demitia-se já a seguir ao relvas.E este não o fez por vergonha.

  7. mais logo, quando se souber que o tribunal constitucional mandou o orçamento para a judiciária investigar as supeitas de crime, o gaspar apresentará um pedido de cessação de funções ao primeiro ministro por falta de condições anímicas.

    e o amorim ainda é candidato a gaia ou tamém virou anémico?

  8. ignatz, que é lá isso?
    Só tem falta de forças anímicas quem depende do não líder Passos Coelho.
    O gaspar reporta a outras autoridades.

  9. O tal Relvas, não terá feito uma coisa que o Eng. Sócrates pensou mas não fez?

    Ou estarei a ser má-língua, como de costume?

  10. oh bimbo da rosa! qual má língua? tu és reaça, parolo e os teus comentários estão ao nível das interpretações líricas do relvas

  11. zuruspa ,é nome de chupa-chupa (rebuçado com um pauzinho) a oposiçao do pcp para a direita,é menos incomoda do que umas boas coceguinhas nos tomates!

  12. carmo rosa, voçe esta´a substituir o prof. karamba ,no seu argumentario.sabe dizer-me sr prof. rosa o que josé socrates está a pensar neste momento?

  13. nuno cm, é fácil saber o que Sócrates pensa sobre tudo. Como o homem é o diabo encarnado, e o pior carácter alguma vez observado, facilmente se percebe o que pensa sobre tudo: se houve uma licenciatura feita à moda da gaita, Sócrates, como é óbvio, só pode ter pensado fazer o mesmo ou pior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.