13 thoughts on “Coisas que podem acontecer”

  1. ui, as tácticas desta para fazer a ditadurazinha que ela gostava tanto,

    conte lá o que acha sobre os casos BPN e BPP minha senhora, acho que ainda não ouvi nada, mas também não vejo tv lá isso é verdade,

    PPE derrotado nas europeias porque são os principais culpados da crise, agora andam a fazer de bonzinhos e se fôr preciso até ficam socialistas because of the fragance of institucional power,

  2. camaradas portugueses: vamos lá arder pouco este ano que eu quero andar sossegado, tá? Eu explico: agora que andam os outros a arder muito, a gente faz ao contrário que há que ser inovador e um exemplo patra o mundo, etc.

  3. e já agora, nós cá também vamos ser diferentes deles , tá? Pelo menos se forem imigrantes da lusofonia não quero coisas dessas, são nossos filhos ou irmãos, perco-me nisto da miscigenação,

  4. Não é que esta não seja uma boa hipótese mas, há falta de apresentação power point também há sempre a possibilidade de perguntarmos se não querem que lhes façam um desenho.

    Aqui vai um desenho, fora de contexto ; — )

    Ouvi o Pacheco Pereira na tv dizer que o pior cenário para o país era uma nova maioria do PS. Porque o país já estava dividido ao meio e uma nova maioria iria agravar essa divisão. Eu gostava de ter inteligência para perceber a argúcia e profundidade desta afirmação. Parece-me que nem de escafandro ou submersível atingiria tal profundidade.

    Estava mesmo convencido que essa divisão seria uma característica da democracia, os que apoiam quem governa de um lado e os opositores do outro. No fim do ciclo os eleitores avaliam a governação e a oposição. Tudo o mais era seborreia intelectual.

    É melhor a unanimidade, os consensos e o bloco central. Consensos não, consonsos, terreno fértil para a pândega, para os interessezinhos e a desresponsabilização

    Se calhar sou eu que estou a precisar que me façam um desenho « : – )

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.