11 thoughts on “Coisas que acontecem ao Estado social no começo do século XXI”

  1. A medicina é tão corrupta com o a política, sem excepções, mais ou menos, em todo o Mundo (forget about the doctor factory called Cuba and the subsidised glass of milk for all children) seria um dos muitos pontos de partida à escolha no debate que não vai acontecer. De modo que o melhor é irmos ficando cantando e rindo e saboreando coelho guisado com molho de manuela de acordo com o evangelho culinário du chef Socrates.

    A propósito, no regime “anti-democrático” da Líbia, recentemente atacado pelas forças do terrorismo internacional, os serviços de saúde eram absolutamente grátis, incluindo o pagamento de despesas com tratamentos no estrangeiro se o país não tivesse meios de proporcioná-los. Compare-se com o país das oscarinas e efeitos especiais.

  2. “…os serviços de saúde eram absolutamente grátis…”

    grátis para quem? para o gadafi & gadafilhos. ganha juízo pá! és ignorante ou andas armado em joão miranda. sabes ao menos onde fica a líbia ou tás a confundir com o arraial pride no príncipe real.

  3. Good afternoon, madam ohoh,

    A acudir pelos “rebeldes”, olha que saída estranha depois do tratamento de areias que recebeste! E dizes isso sem gomitar, pridoso?

    E quem é João Miranda, jóia, algum gajo que se fez a outra no “arraial pride” e a quem nunca mais perdoaste?

    Sei onde é a Líbia fica descansado, embora não esteja exactamento certo das coordenadas onde desceste recentemente de paraquedas. E não te falo mais nisso porque sei que ficas triste. Bom, em princípio, porque às vezes o masoquismo manifesta-se sem esperar nalguns dos meus correspondentes mais persistentes . E o pride, também temos isso.

  4. Isso é que é Ciência da Grande, ó beleza, está um gajo três meses à volta dum computador a queimar pestanas e a apanhar ondas electromagnéticas na peitaça, e depois dão-lhe um prémio de 500 dólares! Isso ganha um gajo na estiva em dois dias com umas horazitas de serão! E assim vai o mundo do Técnico das investigações pela simulação de raios cósmicos com aplicação na cura e tratamento do cancro!

    Mais valia que não nos tivesses contado.

  5. eu nem vi grande coisa, só vi que era bonito e prémio. Ora diz lá que coisas bonitas não são o que mais importa. Sou completamente gamado em olifantes sorridentes (mas é verdadeiros não é sapiens), até andei com vertigens quando o Solimão ia lá pelos Alpes a caminho de Viena e com frieiras nas patinhas, que terror!

  6. e não ficaram com um espantamento num ventrículo com aquilo dos neutrinos andarem mais depressa que a luz? E portanto poderem andar para trás no tempo? É verdade que a diferença é tão pequena que pode ser erro experimental, eu também mandei o meu pau sossegar que isto não é altura de me dar uma veneta de neanderthal. Deixa ficar sapiens por ora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.