Aspirina Mobile

A versão mobile do blogue sofreu alterações devido a problemas técnicos com a antiga. Como não sou eu que trato desse assunto, nem sequer consulto o blogue dessa forma, agradeço que me relatem a vossa experiência caso haja algum problema ou desagrado.

14 thoughts on “Aspirina Mobile”

  1. Apesar de estar muito melhor que a versão anterior continua qualquer coisa a funcionar menos bem – na home page, e é para ela que a url nos manda tal como a pesquisa por nome no google, os ultimos posts que aparecem sao os de ontem. Vi este post no reader mas virei o aspirina mobile do avesso sem o conseguir encontrar. Vim cá ter por um mero acaso – entrei numa caixa de comentarios, li o ultimo e por baixo aparecia um separador com novos posts e, esse sim, estava actualizado.

  2. Apesar de estar muito melhor que a versao anterior continua com alguns problemas já que a home page não está actualizada. Percebi, por um mero acaso, que hoje ja tinham sido publicados 2 posts – entrei na caixa de comentários do post ‘ de atalaia’ li até ao fim e apareceu um separador com links para os posts recentes e onde apareciam os posts de hoje. Tentei vir novamente aqui usando, unica forma possível, a passagem secreta das caixas de comentarios e percebi que so o conseguia fazer no atalaia. Será que há aqui uma mensagem subliminar? Podem informar-me se o aspirina passou à clandestinidade? É que se assim fôr acabei de pôr a boca no trombone. Apresento as minhas sinceras desculpas por qualquer transtorno causado e fico desde ja penhoradamente agradecida pela respostinha.

  3. Boa. Primeiro não entra o comentario, dizem-me mal educadamente que nao sabem o que ando a procurar por aqui e obrigam-me a fazer de novo toda a via sacra para chegar a este post e reescrever o comentario num miseravel teclado de telemovel. A seguir, e só para chatear, publicam os dois.
    Bela forma de tratar a freguesia…

  4. Aspirina è mobile
    Qual piuma al vento,
    Muta d’accento — e di pensiero.
    Sempre un amabile,
    Leggiadro viso,
    In pianto o in riso, — è menzognero.
    È sempre misero
    Chi a lei s’affida,
    Chi le confida — mal cauto il cuore!
    Pur mai non sentesi
    Felice appieno
    Chi su quel seno — non liba amore!

    (a quem trata deste assunto, quando é que voltas à aspirina fixa?)

  5. Quando me fixar e está por pouco que estou farta de ferias, as aulas das juniores vão começar e, mais importante ainda, por aqui já cheira a inverno e quero fechar a praia lá no meu sul.

  6. Fecha, fecha, o sulinho é bom. Mas depois vou eu para o norte. Entretanto, temos o festival de encerramento de verão, não te esqueças. Logo havias de estar aí com o mobile, que nem dá para uma musiquinha.

  7. Bom, desculpa ter chateado mas acho que para mim está resolvido. O browser do telemóvel hoje foi directamente para lá, mas felizmente há uma opção no fim do Aspirina Mobile para aceder à versão normal, e desde aí tudo bem.

    De qualquer maneira, já que levantei o assunto, aqui vão as minhas impressões:

    Este é o ecrã inicial do Aspirina Mobile. É , diga-se, bastante mais limpo do que a versão que costumo usar (tem uma data de palavreado sobre a Adobe depois do título, mas não me incomoda) embora ache um bocado frio. Tem dois tipos de problema, a meu ver: o primeiro é técnico, porque no meu telemóvel exige que se faça scroll para o lado, o que torna muito difícil a leitura, senão impossível. Mas será possivelmente apenas no meu ecrã, possivelmente num IPhone este problema não se coloca. Aliás, experimentei no Blackberry (que não costumo usar para aceder) e este problema não se punha.

    O segundo problema é de conteúdos: esta versão funciona como um leitor RSS, apenas com os títulos, o que num blog que vive muito dos comentários e da comunidade não resulta. Não há indicação de quantos comentários cada post tem, e muito menos a útil lista de últimos comentários, pelo que a experiência Aspirina perde-se, já que não é possível seguir a discussão sem aceder repetidamente a cada post. Será de mim, mas prefiro não usar a versão mobile. Aliás, com a evolução dos smartphones esta versão deixará de fazer sentido daqui a pouco tempo.

    Mas como te disse, para mim está resolvido. Agradeço a preocupação, e fica a minha experiência.

    Já agora, sei que os técnicos gostam disto:
    Equipamento: Vodafone 845 Adroid 2.0
    Browser: Opera Mini

  8. a quem trata deste assunto, estava com saudades tuas.
    __

    ibn, que história é essa?
    __

    edie, grande verdade: Aspirina è mobile/ Qual piuma al vento
    __

    Vega9000, chatice alguma. Eu é que te agradeço a detalhada, e ilustrada, explicação.

  9. Vega,

    belo trabalho explicativo!
    Agora…gostei mais da segunda foto, está mais personalizada – vêem-se os dedos e o manuscrito lá atrás. A parte estética interessa-me mais do que a parte técnica :)

  10. Quero reclamar, eu nao tenho direito a ver as fotografiazinhas…
    Edie, está quase. Vai fazendo a playlist.
    Valupi, muito me contas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.