Adeus Líbano

Os bacanos do PSD e arredores são especialistas em espiões. Já foram espiados em jantares na Madeira, foram espiados nos jardins do Palácio de Belém, foram espiados nos computadores do Público, vão espiando em Aveiro e espiolham a blogosfera à procura dos celebérrimos assessores anónimos que assinam o que escrevem. Com base nesta vasta experiência, sabem bem o que está em causa nas declarações de Santos Silva: arriscamo-nos a perder o Líbano.

A existência de um serviço de informações militares era segrego guardado com juras de sangue e ameaças de aumento de impostos; até lhe chamavam a secreta militar, assim indicando que se devia falar baixinho do assunto. Agora, tal vantagem desapareceu graças à incúria do Ministro da Defesa. A partir deste momento, todos os nossos inimigos no Líbano já receberem telefonemas, faxes e pombos-correio de familiares com a revelação avassaladora: Portugal tem espiões!

O perigo não pode ser maior, como é óbvio, até porque são conhecidas as dificuldades orçamentais dos serviços secretos, o que só aumenta a sua lenda heróica. Para o Hezbollah, saber que Portugal pode enviar dois ou três agentes até ao Líbano para tirarem fotografias à arquitectura local e ficarem à coca nas esquinas a galar as moçoilas é fonte de terror. Eles não vão tolerar tamanha ameaça ao seu modo de vida regido por estritos códigos de conduta antidesportiva. É que se adivinha o que irá acontecer, sem margem para dúvidas: assim que a população perceber que está frente a um espião português, começará logo a fazer perguntas acerca do vernáculo queiroziano, da invisível e indolor lesão do Nani, do método de treino do Paulo Sérgio ou falta dele, das formas de empandeirar o Roberto e de tantos outros assuntos queridos dos libaneses. Isto seria o caos, levando milhares ao abandono do combate militar contra Israel só para ficarem a ouvir as infindáveis histórias do futebol lusitano.

Conceda-se, pois, razão às brilhantes inteligências sociais-democratas: o Líbano vai ficar a ferro e fogo para impedir a chegada dos nossos coscuvilheiros e bigodudos espiões. E a culpa é do estouvado Santos Silva.

17 thoughts on “Adeus Líbano”

  1. Pois,
    e claro que a missão a desenvolver ficou muito mais fácil agora que o ministro largou esta poia em cima do pé.
    Já agora o ministro que repita o brilharete de divulgar os nomes dos espiões.
    Vai-te refoder

  2. Gosto particularmente desta argumentação:

    Augusto Santos Silva colocou em perigo a vida de militares portugueses no estrangeiro. Não tendo muitos portugueses a actuar no Líbano e no Afeganistão, o patético ministro lançou um sério aviso aos habitantes desses países: se estiverem com portugueses a partir do próximo mês de Outubro, pensem bem antes de falar, pois podem ser espiões ao serviço do Ocidente.

    Suponho que, se Santos Silva não tivesse falado, continuariam a pensar que não passavam de inocentes turistas. Sobretudo no Afeganistão. Até por que sei, de fonte segura, que as camisas havaianas com calções e chinelos fazem parte do kit de disfarce.

  3. Valupi,

    As doses cavalares de histrionismo engarrafado com que carregas os teus escritos de homem interessado na “Verdade”, são de facto impressionantes. Mas ainda não reparaste que o estilo está a estafar-se, a perder currency, a gelatinizar-se nos seus próprios ácidos?
    Muda de estilo, pá, descobre a América, porque há aqui muito gajo, e gaja, especialmente entre os beija-cus de terceira muito esquizofrénicos que te batem palmas automáticas, que nunca ouviu falar do Colombo.

    Foi com ironia que encheste as peles a esse coirão, e mereceste esse aumento de peso durante um certo tempo, mas um dia destes pões-te para aí a dizer, desse trono, que o José Sócrates é um excelente estadista, a malta vai pensar que estás no gozo, e no dia seguinte vais ver uma grande bicha às portas das sedes do BE e do PSD com novos aderentes. Cuidado com isso, pá. Não subestimes os coices do teu bacamarte quando disparas, especialmente a essa cadência vertiginosa.

    For once say something that you really mean.

  4. Muito bom, Valupi! E ainda me vou rir mais, quando o ministro Santos Silva explicar, na Comissão de Defesa, para onde foi convocado pela oposição, aos ignorantes do PSD (e não só…) porque motivo disse aquilo na entrevista. Pobre direita! Pobre PSD!

  5. LOL e mais LOL

    Não admira que actualmente não haja programas de humor e comédias portugueses na TV. Os guionistas devem ver-se à nora para imaginar algo mais cómico do que a própria da realidade.

  6. Sousa e Silva,

    Tens que te acostumar ao meu vocabulário, se é que vais ler as minhas opiniões no futuro. E reparei que és freguês do Face Book. Leave it, is for wimps.

  7. Clara França Martins,

    Não sabia que tinhas sido convidada a assistir à próxima reunião da Comissão de Defesa. Poderias usar os teus conhecimentos e arranjar-me uma entrada? Ou a coisa vai ser transmitida em directo pela TB?

  8. Giroflé,

    Pois então o Daniel pinto já se meteu contigo? Toma cuidado, olha que ele domina a internet como ninguém, e pensa que todos vão lá inspirar-se.
    You call the guy wimp, at first i read pimp. What a cry baby chicken.

    DANIEL pinto
    Ei fake western guy of Oporto, gave you a bone already. Go get it. Oube meue manganaõe, este ossito tem vitaminas.

    I´ll see you.

  9. bem , desculpa lá , mas se os espiões tugas são assim umas figuras tão ridículas e inofensivas , porque carga de água lhes andamos a pagar salários ? contratávamos uns palhaços , que sempre podiam depois animar as festas nos infantários , e os libaneses nem notavam a diferença , como tu dizes.

  10. Ó Giroflé, eu sei que as reuniões da Comissão de Defesa são à porta fechada, mas os nossos prestimosos jornalistas encarregam-se de contar tudo o que lá se passar.

  11. GiróFlé, já estou acostumado. About Facebook and wimps: actually, I like FB. Lots of wimps there, but, hell, their my kind of people. Renovo a questão: estás a comentar directamente do Boom Festival?

    toute a beer, o Daniel Sousa e Silva é um grandessíssimo ignorante. Porra, esqueces assim rápido do que esclareci recentemente?
    Big Brother (versão 0.0), I’m not really from Oporto, you know? Didn’t ate your bone. It had a strange toilet smell…
    Vai, busca!

  12. daniel pinto,

    Oh yes, man, you ate all the bones I gave you and that´s why you fart all the time, every time you open your mouth. Seems that you´re full of cavities, man. Don´t teach me nothing asshole, and you´re aware of that. That´s why you´re reacting like that, biatch.

    Don´t worry, I am from Lisbon.

    Busca tu, e enfarda mais um pouquinho dos restos que te deixo.

    Estás frustrado pá, hoje não conseguiste desapertar nenhum cinto, é isso?
    Take off, man or buy a pad. A big one.

    GIROFLÈ,

    Não te preocupes, o Daniel pinto é fácil de arrasar, assim que o gajo começa a lançar estrume é sinal de que está com o sindroma menstrual e dispara para tudo o que é sítio.
    O gajo nem percebeu que lhe chamei pimp.

  13. Daniel pinto,

    Não pá, tu és bué da inteligente. Continua assim, para continuares a dizer asneiras, então?

    Imbecil sou eu, tás bere? Simples, ignorante, ehehhe e disléxico nervoso. Gaita, pá, tens um espelho do catano, onde o compraste?

  14. Daniel pinto,
    mandei-te outro vitaminado, pá, maije já cunfaçaste ke és pequenito. Oube lá, some kind of journalist you are, little georgie!

    Ora bolta a ler uma das iguarias ka te dediquei e bê se aprendes. Por issu, serias comícu se num fosses tragicu.

    Bá bai tu a abanare o ravinho e disapertare um cintinho. Cuntinua inteligente para todus puderem continuare a acistire ás tuas asneiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.