A direita mais burra da Europa e arredores

Não passa de uma dupla coincidência sem qualquer significado, mas que partilho por vir a calhar: estava na BBDO quando foi criada a campanha do BPP na berlinda, e era account da conta. Trata-se de uma das melhores campanhas de imprensa que Portugal já viu, abundantemente premiada, e deve-se ao Pedro Bidarra – sem protestos, o criativo português mais influente e aplaudido dos últimos 20 anos. Embora seja impossível defender que ela se presta a equívocos de estatuto, pois consistia numa dupla página no Expresso que exibia todos os códigos convencionais de que é um anúncio publicitário, tal não impede que Alegre esteja a dizer a verdade ao invocar que desconhecia qual seria o destino do texto que lhe encomendaram; com elevada probabilidade, se não foi contactado pela agência.

Mas passemos ao que interessa: a direita burra que nos calhou em sorte. Teresa Caeiro, ao trazer este episódio à lembrança, alcançou o extraordinário feito de piorar a situação de Cavaco. É que, de repente, Alegre surge como alguém que se responsabiliza pelas suas acções, as tenta corrigir e até devolve (ou tenta devolver) os tostões em causa num assunto sem qualquer interesse para além de servir de palha para alimentar burros. Alegre revelou ter consciência ética, é a moral da história. Resultado? Cavaco, na comparação, aparece agora como aquele que lucrou à grande numa instituição onde ocorriam actos anómalos – que se garantem ser criminosos por inúmeras figuras públicas, ainda antes do julgamento – e nem sequer é homem para explicar o que andou a fazer nem para devolver o ganho também anómalo. Isto é algo que os fogareiros não vão deixar passar.

Claro que na direita, a verdadeira, estão alguns dos portugueses mais brilhantes, até geniais, que esta terrinha já conheceu. Apenas se dá o infausto fenómeno dos burros os terem afastado ao coice e aos pinotes dos partidos da dita. E as alimárias não descansam enquanto não conquistarem o monopólio da asneira.

20 thoughts on “A direita mais burra da Europa e arredores”

  1. E podes juntar a isso o episódio de ontem do marques mendes num esforço patético e esbracejar de náufrago de nos tentar convencer de que o cavaco até vendeu as acções baratas…

  2. o pequeno MMendes é funcionario de Joaquim Coimbra, accionista da SLN e BPN,

    que parece que tambem queria vender suas acções ao OCosta, por aquele “preço reduzido” como diz o pequeno…

    In fact, Cavacu perde com Teresinha e com Mendinhos, pelo ridiculo e pela desfaçatez…

  3. A Tegui é reforçada, mas não passa disso.

    Este assunto não é a sua praia. A sua área de conforto é a defesa ……

  4. Mais ou menos sempre foi assim, já no fim da monarquia em Portugal muita gente se queixou do mesmo. não havia quem defendesse as ideias do regime.

  5. A função de Teresa Caeiro foi alimentar a carniça mediatica. Ela sabe bem que os assuntos não são comparaveis, mas tambem sabe que na voragem mediatica se dará a necessária equalização valorativa permitindo aos olhos da imensa maioria anonima a desvalorização da golpada do Cavaco. Se quiseres sobre alguma coisa seria criar uma grande confusão alimenta dois ou três jornalistas ou agências de comunicação.
    Claro que simulâneamente, e inteligentemente, Alegre brilhou mas creio que fugazmente.
    Se a sua candidtura não passar para a fase “Escutas” que permitirá colar a Cavaco não uma “atitude” (grave mas desculpavel) mas um “comportamento” contínuo e reiterado de falhas éticas (ou piores) não se safará. Alegre não tem killer instinct.
    Muito mal esteve a candidatura de Cavaco ao convocar o “Mourinho” para dizer nada às 6 e tal da tarde e que permitiu a resposta da candidatura de Alegre em pleno prime time. Pouca inteligência.

  6. eh,eh…daqui a pouco vamos ter aqui comentários (e certamente posts em blogues da direita) afirmando que o valupi está por detrás dos bancos falidos e que finalmente se revelou. quanto à teresinha (não anda com o sousa tavares?) ela é muito chique….

  7. Obrigado, “jpferra”. E a burra da Cabrita é a melhor prova do título deste texto do Valupi: no mesmo artigo do “Sol” onde de forma patética afirma que o Cavaco ainda podia ter lucrado mais escandalosamente diz com todas as letras que os que venderam ao preço máximo (2,75 euros por acção) nunca poderiam ter comprado pelo mínimo (1 eurico), já que esse preço estava reservado para o próprio Oliveira e Costa (e outros ilustres privilegiados). Ou seja, apenas vem deitar mais sal para a ferida! Arre, burra…

  8. Os meus parabéns ali ao vizinho que dá pelo nome de K. Para mim, ele acertou em cheio. O seu comentário é de uma pontaria que só me admiro não ver mais gente a apontar para ele. Cito as suas palavras às quais dou o meu total acordo: “A função de Teresa Caeiro foi alimentar a carniça mediática. Ela sabe bem que os assuntos não são comparaveis, mas tambem sabe que na voragem mediatica se dará a necessária equalização valorativa permitindo aos olhos da imensa maioria anonima a desvalorização da golpada do Cavaco”.

    Isto faz-me pensar que talvez a nossa direita não seja tão burra como isso! Ela sabe bem, felizmente para ela infelizmente para nós, como é que se manipula a comunicação social especialmente numa sociedade em que o sentido crítico se encontra cada vez mais embotado!

    Enfim esta história do BPN e do “Cavaco e sus muchachos” que pelos vistos pouco ou nada fica a dever às histórias da máfia siciliana, trouxe-me à mente uma frase oportuníssima de Saramago, com que há dias deparei. Ela aqui fica e em maiúsculas: “O DINHEIRO CORROMPE, E O QUE CHEGA DE REPENTE, MUITO MAIS!”

    Digam lá se ele, Cavaco, tinha ou não tinha razão em não querer nada com o Saramago. Já agora e a propósito, mais uma nota. É que tenho para mim que Saramago não apoiaria de forma nenhuma a porca política que o PCP vem fazendo neste caso sem o mínimo de vergonha! Receoso que o “afundanço” do Cavaco e da direita com isto do BPN, pudesse trazer algumas vantagens ao PS, resolveu esquecer a golpada para criticar apenas e de que forma, as medidas que o governo tomou para não deixar cair o banco. Inqualificável!

  9. A Direita é burra? E o que dizer de uma Esquerda que tem oferecido quase de bandeja a reeleição à aventesma?
    Sim, advogado do diabo e o camandro, mas só mesmo o meu Glorioso consegue dar-me mais desgostos…

  10. Aniper, obrigado pelos parabens um pouco adiantados mas não sou supersticioso:))

    Todos actores quando comunicam sabem que a comunicação não se dá no vácuo é mediada, e tal como a luz, sofre um efeito de refracção quando atravessa o espaço mediático.
    Cá o desvio é à direita e em certas circunstâncias muito à esquerda.
    Tudo isto tambem consequência de uma certa atribuição de licenças televisivas aquando do cavaquismo. Tudo calculado, portanto.

  11. Shark ganha gosto pela vida, man, Sporting, man, Sporting. Não tens que te preocupar mesmo que o Sporting perca, aquilo é uma instituição, Sporting, qual glorioso. Glorioso só Deus e Jesus só há um. Estão no Céu à tua espera. Pra Cavaco a porta é estreita, o fariseu das cotações acima do dia.

  12. Não concordo, conhezo ainda outras mais burras pelos arredores. E tampouco nã descansam até conquistarem o monopolio da asneira.

    Sim : ” o assunto sem qualquer interesse para além de servir de palha para alimentar burros”. (gostei).

    Isso é bom para que o cidadão pouco informado diga que todos os políticos são iguais. Ora essa, è o mesmo o BPN que o asuntinho de Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.