coisas que me irritam

A propósito de operadoras de telecomunicações móveis, a TMN tem desenvolvido uma campanha vergonhosa no sentido de extorquir dinheiro às camadas mais jovens (e às outras, mas estas são mais ingénuas), actualmente detentoras de uma boa fatia do mercado. Sob o pretexto de uma qualquer comemoração, começaram por enviar um sms informando acerca de uma promoção, com vários prémios diários e outro final. Para o cliente se habilitar deve enviar um sms para um determinado número, operação que custa a módica quantia de 99 cêntimos. Enviado o dito sms, inicia-se uma conversa: perguntam o nome, oferecem pontos em troca de outras mensagens e, neste para cá e para lá, o cliente já esgotou o carregamento que tinha feito minutos antes. A informação sobre o preço das mensagens consta apenas de algumas, podendo o cliente presumir, erradamente, que as restantes serão cobradas segundo o valor corrente, previamente estipulado por contrato.
A estratégia de engano é tão transparente que chegaram a enviar uma mensagem com o seguinte texto «TMN INFO: Nesta mega-promoção os SMS que recebes são gratuitos. (…)» Os sms que recebes?! Qual a novidade? Pois, mas o meu filho só viu gratuito e veio a correr avisar-me que já podia voltar a entrar no jogo. Posteriormente passaram a um pseudo-concurso, com perguntas difíceis tais como «Filho de peixe sabe 1-Nadar; 2-Cantar» ou «Vê lá se sabes esta: quem traz as prendas de Natal? 1-Pai Natal ou 2-Aladino».
Nem um nem outro, digo eu. Quem traz os presentes de Natal são aqueles mesmos que, agora mais depauperados pela campanha da TMN, vão ter alguma dificuldade em pôr prendas no sapatinho.

17 thoughts on “coisas que me irritam”

  1. ana, publicdade enganosa, sim. no entanto um processo não é assim tão simples. e é dispendioso, em tempo e dinheiro. além de que os senhores devem estar suficientemente resguardados nessa instância. mas, de qualquer modo, uma queixa à deco há-de ser possível.

    sininho, perdida na descodificação da tua mensagem. pia natal, será? pata anil…? alia na pt…? ia lá na pt…??

  2. sem-se-ver, acredito.

    claudia, também tu? não bastou a sininho vir associar mensagens publicitárias ao post, agora foste tu? esquece a tmn. vai para a óptimus, ou assim.
    eu, se fosse escolher agora uma rede, pediria um catálogo dos pontos. na tmn, quantos mais pontos tens… bom, não te serve de nada. porque para comprar produtos mais caros com os pontos, o que varia não é o número destes, mas o que pagas além destes. rica maneira de compensar o cliente que consome muito. há operadoras em países onde o consumidor não é um trouxa apático como cá, em que com um determinado número de pontos compras um tele xpto, pagando à parte pela transacção um valor simbólico. e há mais: o cliente fidelizado (que tem uma assinatura) tem menos privilégios (ah pois, já está no papo) do que aquele com cartão pré-pago.

  3. Mas as operadoras fazem pior…. as minhas filhas responderam a um desses sms publicitários e a seguir, TODAS as mensagens que lhes eram enviadas do promotor do concurso, e eram várias por dia, eram cobradas a € 2,00 cada. Só percebi o que estava a contecer no dia que lhes vi saldo negativo no telefone. Antes de continuar é bom que diga que tinham um cartão pré-pago e o telefone bloqueado a meu pedido, pela operadora, podendo somente ser feitas chamadas para 5 numeros que constavam da lista. Achei que tinha tomado todas as precauções. Percebi que não quando vi um saldo negativo de €16,00….. Telefonei para o apoio ao cliente e explicaram que “não podiam fazer nada porque não eram eles quem mandava as mensagens”…. Pois, mas eram eles que davam crédito sem lhes ter sido pedido e o cobravam no primeiro carregamento que se fizesse. Tentei que me dissessem onde tinha eu dado autorização à operadora para darem crédito num cartão pré-pago e porque cortavam uma chamada se o saldo chegasse ao fim mas permitiam mensagens publicitárias a pagar no destinatário mesmo quando o telefone não tinha dinheiro. Também pedi que me informassem qual o limite para o simpático crédito -poderia, sei lá, ter chegado aos 200 euros?
    Claro que muito rouca depois não consegui nada mais que não fosse o desactivar do serviço. Apresentei queixa na DECO, de que sou sócia e nada também… Processos em Tribunal? Bem, se estivessemos nos Estados Unidos e pudesse pedir um milhão de dólares de indemnização pelo abuso de confiança ainda valia a pena, mas em Portugal? Dez anos depois, dias de trabalho perdidos e muitas custas e honorários pagos poderia receber os 16 euritos mais os juros contados à taxa legal…. e a operadora iria ficar muito, mas muito abalada com tal sentença!

  4. Acho é que vou ficar mais lixada a nível de money… Porque sou cliente da Vodafone since 20th century e agora, lá porque a mamã e mana são da TMN (ganharam a batalha estas miúdas), eu vou ter que ser cliente da TMN também. Cá vai andar a croma com 2 telemóveis no bolso, um da Vodafone, outro da TMN, a partir do dia 24/12/2007… Só me falta adquirir o da Optimus para andar numa de parolice total.
    Mas vou separar as águas. TMN para a família. Vodafone para o trabalho. E se tiver mais dúvidas, telefono para o Pai Natal. Ele sempre deve perceber um pouco do que anda para aí a distribuir.

  5. clara, também me parece que essa teria sido a melhor opção…

    jcf, eu até concordo, mas a bem ver a verdade é que cada um é vazio e preenche o seu vazio à sua maneira…

    teresa, essa ainda é mais irritante. são uns exploradores sem qualquer respeito, é o que é.

    cláudia, tens toda a razão. tomara que a maior parte dos donos de cães tivessem sido educados pelo teu cão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.