A Companhia de Jesus e o Marquês Tiago Brandão de Pombal

3% de colégios privados mantêm, em 2016, turmas subsidiadas pelo Estado – através de contratos de associação – mesmo quando e onde existe oferta pública. Escreve Helena Matos que, na sua maioria, tais colégios são católicos. Ora, a intenção do Governo de pôr fim a essa concorrência desleal em relação aos restantes colégios privados, não subsidiados, e de dar cumprimento ao princípio da laicidade do Estado e do não confessionalismo do ensino público pela singela e mui pragmática circunstância de haver escolas públicas desaproveitadas na mesma zona, levou Helena Matos a ir buscar os jesuítas e a sua expulsão de Portugal no século XVIII para a sua campanha o seu artigo no Observador em dia de manifestação amarela. O Marquês de Pombal desgraçou o país, diz ela. O governo de Costa, quase três séculos depois, quer desgraçar o país (3% de escolas, lembram-se? Das quais só metade perde subsídios, não ficando de forma nenhuma impedidas de abrir turmas). Como se Tiago Brandão Rodrigues fosse fechar todas as escolas privadas e expulsar os «padres» (como Helena lhes chama). É preciso fanatismo. E desonestidade. Se vivesse no século XVIII, Helena Matos pegaria em armas para defender os jesuítas! Mesmo que a Companhia de Jesus não admitisse mulheres e que a sua visão do sexo feminino fosse a seguinte:

“é tão forçoso pelas traças da mulher o engano, que até o demônio se vale delas para o que quer fazer; não é mais sábio para maquinar intenções do que a mulher advertida para fingir indústrias; o que não confia de si, só fia da mulher o demônio, tudo isto é verdade que no paraíso sucedeu e ainda hoje no mundo se lamenta. (…)Como o intento do demônio é fazer na terra todo o mal que pode, por isto conserva as mulheres, porque elas são de todo o mal o instrumento”.

(António da Silva, pregador jesuíta no Brasil)

OK, já evoluíram um bocadinho desde então. Helena Matos é que está a precisar de um banho de Iluminismo.

18 thoughts on “A Companhia de Jesus e o Marquês Tiago Brandão de Pombal”

  1. Todo o mundo sabe que, Helena de Matos para lá de ser da extrema direita é,
    acima de tudo uma inconseguida, na sua cegueira ideológica confundo causas
    e efeitos! Ganhou alguma fama e convites para botar faladura nas famosas
    campanhas contra Sócrates e o seu Governo, distinguiu-se no blog “Blasfémias”!
    Deve estar a tentar recuperar a avença na TVI24 onde também tinha espaço,
    é anedótico essa do Marquês de Pombal com a expulsão dos jesuítas, ter des-
    graçado Portugal pena não ter sido um séculos antes, onde houve maior influ-
    ência da Igreja Católica, foram os países que menos progrediram … pelo menos
    esta é a opinião de verdadeiros Historiadores e, não de contadoras de estórias!!!

  2. Todo o sectarismo conduz à cegueira e até ao ridículo. Graças ao comando do televisor, podemos estar a salvo de tanta tolice envinagrada.
    Agora, a atual manipulação atinge o cúmulo.
    Ninguém, mesmo ninguém, nas coloridas reportagens televisivas lembra que os pais dos 97% dos colégios privados pagam propinas e que têm benefício de abate no IRS. Não se faz a distinção de colégios, entre os verdadeiramente bons, alguns dos quais de difícil acesso (Valsassina, Moderno, Francês, etc.) e os restantes.
    Não se referem os bons resultados de escolas públicas. Por exemplo, era de recordar as excelentes prestações em concursos internacionais de jovens de escolas públicas de Castelo Branco (recente), Viseu, Póvoa de Varzim, etc.
    Era de pôr os pontos nos is acerca da dita “liberdade de escolha” (hoje, uma esbaforida repórter até descobriu o “comboio da liberdade” ) : o Governo não vai encerrar nenhuma escola. É simples!

  3. Há casos e casos. Por exemplo, a redução de apoios aos colégios de Sobreira Formosa e Cernache do Bonjardim implica uma deterioração do serviço público de educação, ainda por cima, em regiões desfavorecidas, em processo acelerado de desertificação.

  4. É triste ver como dando tiros nos pés, que irão de certeza pagar mais a frente, precisem de recorrer a ataques entre escribas , para fazerem post que achem interessantes para os leitores; tenham vergonha!!

  5. triste és tu, ò cristovão. não dás uma para a caixa, só defendes facholas e ainda por cima incompetentes. moura guedes, felícia cabrita e helena matos, já dá para fazeres uma equipa para os olímpicos de ordinarice, era podium completo.

  6. Se Helena Matos é retornada é das minhas.
    Respeite-se a quem tem uma experiência de vida que nenhuma universidade ensina.
    E só alguns portugueses tivemos o privilégio de frequentar essa universidade.
    A universidade da vida.
    Respeitinho senhor tótó!

  7. retornado,eu estive lá ,a defender-lhe os costados.essa sua experiência de vida,confesso que não me honrava muito. a experiência de vida de muio boa gente que lá viveu,nenhuma universidade ensinava mas por falta de pudor!

  8. O Marquês de Pombal desgraçou o país. ( dixit H. Matos)

    Viver para ver. Preciso dumas dicas de história, devo estar muito errado.

  9. Tótó, obrigado pelo esforço de me guardar os costados, os costados de um português honrado.
    E fizeste bem tótó por não teres fugido à tropa como desertor ou refratário e até como alguns que te atraiçoaram pondo-se ao lado do inimigo, outros sabotando o teu esforço e pondo a tua vida em perigo.

  10. penélope/valupi,espero que tenham lido as declaraçoes de josé cid sobre os transmontanos. diz ele: pessoas medonhas ,feias e desdentadas! nota: nasci numa cidade muito bonita do litoral

  11. li o livro de marcelino muco, com o titulo “angola” e descobri que o eduardo dos santos e a filha estão a “ganhar ” dinheiro a mais.é uma falta de vergonha.um povo na miseria,vê a sua riqueza a fugir-lhe do controle!

  12. Hermosos paisajes aragoneses. La nieve la la Navidad purifique nuestros sentimientos, aleje nuestras discordias y crispaciones tan proclives a los tiempos en que vivimos, y nos estrechemos en una largo y cálido abrazo de amistad.FELICES FIESTAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.