Agora vejam lá, não se ponham com discussões

Passos Coelho afirmou ontem numa visita à base aérea do Montijo que espera que um novo aeroporto em Lisboa não seja necessário na próxima década. É um desejo extraordinário. Sendo assim, espera que, por exemplo, o sector do Turismo não cresça nos próximos anos. Está a ser coerente, já com o fim do TGV e a aposta em linhas de transporte exclusivo de mercadorias se tinha percebido que o Governo não vai à bola com magotes de turistas a entrarem-nos pelo País dentro. Estou a exagerar, o primeiro-ministro não vai construir um novo aeroporto, mas vai investir uns milhões numa pista de apoio à Portela, só não sabe bem onde. Não sabe ele, mas sabem os oficiais da Força Aérea. Tem de ser em Sintra, parece que há problemas técnicos que inviabilizam as hipóteses Montijo e Alverca. Acho curioso é que, depois de anos e anos a discutir-se se seria melhor construir um novo aeroporto ou investir na hipótese Portela mais um, nunca tenha se tenha falado na base aérea de Sintra. Onde é que andavam estes oficiais?
Mas Passos Coelho disse mais, disse que não queria “adiantar rigorosamente mais nada, sob pena de nos próximos dias o país inteiro desatar a fazer uma discussão imensa sobre o investimento que se teria de fazer numa decisão que não está tomada.” Ou seja, podemos discutir os investimentos à vontade mas só depois do Governo tomar as decisões. Pois claro, se for antes, as discussões só atrapalham. Bem, pelo menos, podemos discutir a decisão, que já está tomada, de não construir o novo aeroporto em Alcochete. Lembrar que até a Ferreira Leite, insuspeita de querer esbanjar dinheiro, chegou a dizer que avançaria para a construção do novo aeroporto por módulos. Se calhar estava enganada e sai muito mais barato passar a próxima década a investir milhões em pistas alternativas e depois mandar tudo às urtigas e, finalmente, construir o novo aeroporto… algures.

16 thoughts on “Agora vejam lá, não se ponham com discussões”

  1. Tanta incompetência, parece impossível!

    Mas isto é mesmo o 1º-menistro de Portugal, ou é um badameco qualquer candidato a Presidente da República das Bananas da Madeira e Porto Santo?

    Tirem-nos deste filme. E bem depressa…

  2. Sintra nem me parece mal, podem ir logo dar um mergulho à Praia das Maçãs, bebem um copo de Colares e viabilizam o eléctrico centenário.
    E o Presidente da Câmara.
    Jnascimento

  3. Olhem, finalmente, ontem ouvi alguém dizer uma grande verdade (na minha singela e humilde opinião claro):
    O senhor António de Almeida Santos a dizer de uma forma muito irónica, “que desde que este governo PSD entrou no poder, que a palavra CRISE deixou de existir. Já não se fala em CRISE, mas sim em SÓCRATES!!!!!!!!! Certo, que ele lá tinha os seus defeitos, mas não foi o grande causador da má situação em que estamos…” (mais ou menos assim)
    Ora quer ele dizer com isto, que, aos olhos do governo do PSD e dos seus apoiantes, e dos portugueses em geral, tudo o que de mal foi feito neste país e que contribuiu para a “desgraça” em que estamos foi o senhor José Sócrates!!!!
    Quando os combustíveis aumentaram na altura da governação do Sócrates, o país houve aí uma vez que quase parou com protestos. Decidiu-se construir isto ou aquilo e vá de protestos. Por tudo e por nada havia protestos e más línguas. Agora com este senhor Passos Coelho, ningém pia. Trabalho em Lisboa e não oiço uma alminha dizer mal daquele homem nem deste governo. Muito pelo contrário, está tudo muito contente….o outro “grego” é que foi um “ganda filha da mãe e levou-nos à ruína…! Por amor de Deus, POUPEM-ME!!!!
    Parece-me que os portugueses gostam é de mão pesada e andar de bolinha baixa, sob ordens de outros senhores estrangeiros. Já para não falar de aderirem ao “fanatismo da destruição de serviços públicos” como diz o Louçã. E eu acrescento: ao fanatismo da destruição de Portugal. Está tudo parado, não há nada novo, desde que este governo entrou em funcionamento. Nada se fez, nada avançou, tudo se trava e sabe Deus quando avançaremos!!!!

  4. de facto, discussões, contestações, manifestações e outras oposições são algo que fazem urticária aos nossos actuais “governantes” e não disfarçam…mas não percebo o medo deles. Isso é coisa que não existe no Portugal actual, o portugalzinho das sondagens, do silêncio e do “haja saúde”.

    Já podemos dizer que estamos nos anos 40 e não nos 70?

  5. Segundo ouvi há momentos,o FMI declarou que Portugal é o terceiro pior desempenho do Mundo e creio que não será na “bogalhinha coisa que segundo consta os outros dois parceiros desconhecem,a Grécia e o Sudão.Que raio de “desvio colossal”da autoria do Sócrates,só pode,é que o Láparo vai agora engendrar?
    Quanto ás opiniões despendidas sobre aeroportos situam-se na mediocridade senão mesmo estupidez a que o coiso já nos habituou e nem merecem comentário,mas qualquer piloto aviador sabe que Sintra não é e nunca foi alternativa a voos comerciais tipo “wide body”,passageiros ou carga e jamais a OACI/ICAO certificaria tal anormalidade.

  6. Seu “jose”, e o que é que o cu tem a ver com os fundilhos das calças?

    Não tem para aí em Beja um canito, para lhe ir dar banho? Evitava vir para aqui maçar-nos com palermices…

  7. ignatz, a parvoeira do coiso não aterra. Como é oca, um vácuo total tal qual a carola dele, paira indefinidamente no ar.

  8. Oh “senhor Júlio de Matos”, desculpe lá e com todo o respeito, mas “vocemecê” tem a certeza que anda a tomar corretamente os comprimidos que lhe dão aí no “hospital”????? É que com essa arrogãncia toda a falar, como se fosse a coisa mais absurda que o josé disse, acho que o seu estado emocional não se encontra nas melhores condições….
    Concordo plenamente em aproveitar os milhões que se investiram na capital do Baixo Alentejo e assim dar um bocadinho de cor àquele “quadro amarelo” (planicie) e evitar gastar mais dinheiro e tirar cor onde ela já existe e que tão bem lá está!!!!!!!! Oh “vocemecê” quer um aeroporto dentro do quintal e aviões a arrasarem-lhe o telhado???? Sinceramente……

  9. é uma coisa que me tem feito espécie: josés e afins botam aqui uns arrotos sem base nem sustentação, só para se fazerem lidos e respondidos e têm sempre muitas respostas e tempo de antena. E que tal boicotar a coisa?

  10. Chère Sophie, ne vous dérangez pas! Par le moment, nôtre Hôpital n’aurait pas de lieu pour vous. Désolé, Mademoiselle… Il faut essayer encore, et encore, et encore…

    Bonne chance, et merci de votre attention à mon état émotionnel – si vous êtes sûre de que vous savez vraiment de quoi vous parlez…

    On voit, très clairement, que vous comprenez aussi bien de cettes matières, como je comprends bien le fonctionnement des usines d’huile d’olive…

    À bientôt, près de la Rue des Murtes!

  11. Olhem só que querido é o Júlio!!! A dar-me aulinhas de francês!!!!! Até parece o antigo ministro Mário Lino!!!!!!!! Bem…..por esta simpatia, vejo que tomou os comprimidinhos hoje!! Assim é que é!! Boa Júlio!!!!! :))))))
    Ahhh, já que estamos numa de troca de conhecimentos, se quiser arranjo-lhe trabalhinho nuns olivais em Ferreira do Alentejo….bem pertinho do aeroporto!!!! Assim sempre aprende o Ciclo do Azeite- desde a preparação do terreno, passando pelo caroço…….até chegar ao seu prato!!! Boa??????? E talvez mude de opinião em relação ao Alentejo!!!!

    Edie??? Então o que é isso??? Pode sempre criar um canal só pra si no MEO….aí terá todo o direito de antena que merece para expor todo o seu vasto conhecimento…..Boa?????

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.