A estratosfera está a ficar sobrepovoada

O ministro das Finanças, em entrevista ao Financial Times, lembrou os ingleses que nós, os portugueses, temos a tradição de ser bons navegadores. É uma rica frase, não sei é se algum membro do actual Governo de direita a pode usar como argumento. Então não eram portugueses, logo bons navegadores, os governantes que antecederam os actuais? Não é a direita que repete incansável que os portugueses que nos governaram nos últimos quinze anos levaram o País para o abismo? Se calhar o ministro enganou-se, queria dizer que os portugueses de direita são excelentes navegadores, tirando os que, por azar, nos governaram no passado e que não estou a ver o ministro elogiar a brilhante navegação: Cavaco, Barroso, Santana. Pronto, sobram os actuais governantes. Desde os Descobrimentos que não se viam tão bons navegadores nestas paragens. Mesmo em mares altamente conturbados, em que ninguém faz ideia alguma do que virá a seguir, temos os governantes mais optimistas de que há memória. Cumprirão tudinho o que prometeram e, sobretudo, o que não prometeram, avistam ‘pontos de viragem’ que mais ninguém vê, e quanto maiores são os obstáculos (juros a bater recordes, recessão e desemprego a agravarem-se, meio Mundo a garantir que estamos cada vez mais próximos da Grécia, etc.) maior é a certeza de que estamos no caminho certo rumo à prosperidade. Noutros tempos, lá está, isto não era navegar com sabedoria, era viver na estratosfera.

6 thoughts on “A estratosfera está a ficar sobrepovoada”

  1. Não sei quem é o ministro britânico em causa mas, se é alguém com tino, deve ter olhado para a avantesma e pensado com os seus botões

    “Bons navegadores ? Ora deixa ca ver, este animal esta mesmo a referir-se ao passado glorioso do século XV, quando a realidade de hoje é que o pais dele aceitou sem qualquer escrupulo livrar-se da sua frota pesqueira e que não deve existir mais do que 0,07 % da população com carta de marinheiro ? Deves querer dizer que vocês têm boa tradição de porteiros e de trolhas, isso talvez…

    Seja como fôr, podemos estar descansados que Portugal esta entregue a analfabetos ainda por uns meses…”.

    Boas

  2. Li mal, afinal o minsitro não estava a falar para um seu homologo mas para os jornais. Leia-se “o jornalista que fez a entrevista” onde escrevi “o ministro britânico”.

  3. (muito fora do tema)

    O MNogueira deve estar muito descoroçoado porque o grande objectivo da sua agenda pessoal, e que o motivava tanto, mas tanto, quando Mª de Lurdes Rodrigues era ministra da educação, não foi alcançado. O Arménio Carlos levou-lhe a palma.

  4. É isso, o OPTIMISMO deixou de ser uma PATOLOGIA fatídica para passar a ser, com estes coelhosos asquerosos e estes ulriches falidos, um sentimento muito positivo e patriótico

    Hoje DESCOBRIRAM que, afinal, a nossa situação NÃO É TÃO MÁ COMO A DA GRÉCIA

    Me cago en la puta que parió a estos imbéciles !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.