10 thoughts on “Lá escapou um à “hegemonia imperialista””

  1. Estava a ler com interesse a Brigadex quando descubro que é ela a aldrabona. Não houve campeonato do mundo em Londres em 62.

  2. …isto da geometria variável vai dar cabo da minha coerência já residual, o que aliás até é um alívio…

    então não é que hoje li o JPP e ainda por cima gostei?

    continuo a dizer que só gosto mesmo de quem gosta de férias, mas enfim

  3. … mas quer dizer, o que eu gostei foi da denúncia do legado salazarento implícito no “respeitinho”, no agravo do delito de opinião, na hipocrisia do politicamente correcto, subliminar, mas presente, presente.

  4. O Eusébio confirmou, já por mais de uma vez, que o impediram de jogar no estrangeiro, chamando-o para o serviço militar (do qual, ao que se diz, o próprio botas se safou com uma cunha. O que é que Malheiro tem a ver com isto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.