SIC Comédia

LFM.jpg

As actuais direcções do PSD e do CDS são paupérrimas. Não espanta que tenham aproveitado o banho de inteligência dado pelo eleitorado minoritário que votou em Lisboa. E aproveitaram para mostrar que nada entendem do que se passa à sua volta. O fascinante está na possibilidade de tudo ainda ser capaz de piorar nestes desesperados e desesperantes partidos. Por exemplo, se a loucura colectiva levar à escolha de Luís Filipe Menezes para chefe, sendo ele um dos políticos com mais sucesso no stand-up comedy nacional, será o completo delírio no PSD. Adivinho um ciclo melodramático que alcançará o milagre de fazer Santana Lopes parecer minimamente competente.

Na entrevista dada ontem na SIC Notícias, Menezes apresentou-se com a excitação contida de quem se prepara para roubar caramelos em Badajoz. À sua frente estava Ana Lourenço, uma jornalista que parecia sob o efeito de alguma medicação debilitante, ou estar paralisada pela aurea mediocritas da figura, ou agindo as duas causas em reforço mútuo. Esta Ana foi protagonista, há dois anos, de um delicioso lapsus linguae (et pour cause…) que deverá ter feito disparar a sua popularidade junto de colegas e populares mais bem informados. E, para mim, essa memória foi a parte mais relevante da presença televisiva do comediante Filipe Menezes.

28 thoughts on “SIC Comédia”

  1. O Rio dá que pensar. É campeão na segunda divisão. Uma incógnita na 1ª liga. Mas, e sem dúvida, dada a razia de quadros políticos capazes no PSD (e na direita em geral), uma opção válida para recuperar eleitorado.

  2. braço direito de… mais não digo que ainda me apanha a escrever aqui… sou afilhada dele… agora deitem-se a adivinhar, claro.
    NÃO TENHO CULPA! LOL

  3. Mas o gajo é bruto em quê, porquê? Bate com a porta do carro? Dá pontapés em pombos? Nunca te deu um presente decente?…

  4. Sim, por não estares a revelar quem é o mariola. E fazes bem, claro. Eu é que queria muito chamar-te “cortes” e aproveitei a oportunidade. Se fiz mal, já sabes: é mais uma queixa na lista a entregar ao senhor.

  5. tu andas a provocar-me, braço direito do presidente da cidade onde estou, pronto. não me chateies mais, Valupi. Querias PSD, aqui tens. mas não ligo nada à política, nem para esquerda, nem para direita.

  6. Barroso, Santana, Mendes, Menezes, é uma boa série, em capítulos curtos e facilmente (?!) digeríveis.
    A Ana Lourenço parecia adormecida/fascinada.

  7. escusas de continuar a andar a chatear o padrinho para pedir um job ao rui rio…ai ai…a menina não tem tino

  8. Claudia:

    Tu es uma mulher do Puorto carago. Carago naum caralho. Tu naum me digas que es da familia do menino Rui Rio …

    Uma coisa e’ certa, bufa tu naum es de ceteza, porque bufa que ladra nao morde.

    Tem piada tu estares aqui a bater-nos o couro, porque eu falei no Rui Rio ao Valupi porque:
    1) O Rui Rio e um senhor que pensa pela propria cabeca, e’ como o Socrates e Valupi, quando mete uma coisa na cabeca, nao ha maneira de a tirar.

  9. a claudinha, carago, tinha que dar um arzinho da sua graça pêpêdê, caragum. estão todos aqui a brincar com os nossos homes, com homes brutus do norte? mas com ordem de quem, pilinha morta?

  10. Primito: o Rui Rio e o Menezes são farinha do mesmo saco, gente vil, odiosa, demagógica e patética. Única diferença: o Menezes conseguiu, até hoje, melhorar de forma significativa a qualidade de vida dos Gaienses (embora me pareça que vá fazer merda da grossa com essa sua peregrina invenção do centro histórico da cidade). O Rui Rio ladrou muito (e muitas vezes bem), mas fez muito pouco.

  11. Obrigado pelo relatório, primo. Daqui da mouraria, o Rio tem caudal para tentar o poleiro mais alto. Mas não passa disso: uma visão nebulosa, à distância. E cheia de dúvidas.

  12. Sou afilhada do cf de gb do Rui Rio e, contrariamente ao que diz o João Pedro, acho que o Rio Rio tem feito pela cidade (nem que seja metê-la toda de pernas para o ar com as obras, lol).

  13. Não estou a dar no couro, D.João e a Máscara, mas sempre que vos vejo a falarem aqui do Rui Rio, fico com as antenas ligadas. Just that.
    E o Valupi até disse que ele era uma opção válida ;-P Vai ser um crack na 1ª liga. Eheh.

  14. a loura do Norte é de morrer a rir, a Menezes. Aposto que o Sarmento também vai aparecer. Fico banzado é com o peso da bruxa na sombra, até as jóias da coroa se foram na Holanda, lembram-se?

    Sobreviveram ao terramoto, às invasões francesas, às lutas liberais, à República, mas não sobreviveram à Fleite.

  15. “Não estou a dar no couro”

    Provavelmente o D. João (ele sim só sabe dar no couro) usou a expressão errada. Onde se lê “bater o couro” leia-se brincar.

    “D.João e a Máscara, mas sempre que vos vejo a falarem aqui do Rui Rio, fico com as antenas ligadas. Just that.”

    Isso é inteiramente natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.